Desvio de recursos de fundo partidário do Pros é investigado pela Polícia Federal

Segundo a PF, o caso ocorreu nas eleições de 2022, quando a agremiação teria utilizado “candidaturas laranjas ao redor do país, de superfaturamento de serviços de consultoria jurídica e desvio de recursos partidários destinados à Fundação de Ordem Social (FOS) – fundação do partido”.

Por |2024-06-12T20:42:26-03:0012 de junho de 2024|Tags: , , , , |

TSE mantém o PROS do Ceará sob o comando de aliados de Capitão Wagner

Outra comissão provisória, ligada ao ex-senador Eunício Oliveira, chegou a ser formada. Mas esta se encontra destituída após decisão do TSE. Além do PROS, compõe o amplo arco de alianças da coligação “União pelo Ceará”, formado também pelo Avante, que é representada pela candidata ao Senado Kamila Cardoso, o PL, do vice na chapa de Capitão Wagner, Raimundo Gomes de Matos, Podemos, PTB, Republicanos, além do União Brasil.

Por |2022-08-18T18:24:12-03:0018 de agosto de 2022|Tags: , , |

Por decisão judicial, em menos de 24 horas, PROS retorna à direção anterior e segue apoiando Capitão Wagner no Ceará

"Aquilo que não está ao nosso alcance nós colocamos na mão de Deus! Não precisa agredir adversários, nem tripudiar em cima de ninguém! Até amanhã teremos boas novas", disse Capitão Wagner em suas redes sociais. Postulante acredita que novos apoios podem se confirmar durante esta quinta-feira (04), um dia antes da convenção estadual do União Brasil que vai homologar sua candidatura. 

Por |2022-08-05T11:23:28-03:004 de agosto de 2022|Tags: , , |
Ir ao Topo