Arquivos Cid Gomes - Blog Edison Silva

Cid Gomes segue internado se recuperando das lesões pulmonares

Cid Gomes se encontra internado devido a trauma torácico por arma de fogo, que ocasionou perfuração do hemotórax esquerdo, lesão pulmonar e pneumotórax hipertensivo. O senador foi atendido no Hospital do Coração de Sobral, quando foi submetido, em caráter de urgência, à drenagem pleural. Após estabilização do quadro, ele foi transferido para hospital particular, em Fortaleza, a pedido de familiares.

Cid Gomes defende aliança PDT e PT já no primeiro turno das eleições em Fortaleza. Camilo acredita nessa possibilidade

Para Cid Gomes, Roberto Cláudio, neste momento, precisa “cuidar da administração. “Discutir nome só afasta e dificulta o processo. Isso só será discutido por último, afunilando os nomes que se colocam no PDT e de outros partidos aliados. Vamos fazer isso em cima de critérios razoáveis, olhando o sentimento da população”, disse Cid Gomes. 

Cid Gomes diz que PDT pretende lançar até 100 candidatos a prefeito no Ceará. Em Fortaleza, foco é na gestão de RC

O presidente em exercício do Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Ceará, o senador licenciado Cid Gomes, concedeu entrevista ao Blog do Edison Silva, em que falou sobre as principais metas do partido para o pleito deste ano. De acordo com o dirigente, em Fortaleza não há um nome natural que desponte na campanha, o que faz com que a estratégia política seja a de fortalecimento dos índices de aprovação da gestão do prefeito Roberto Cláudio.

Cid Gomes inaugura novo espaço do PDT e Prisco Bezerra, seu suplente no Senado, diz que trabalhará em favor das minorias

Em seu primeiro discurso depois de tomar posse como suplente do senador Cid Gomes (PDT), licenciado temporariamente, o senador Prisco Bezerra (PDT/CE) afirmou nesta quinta-feira (12), em Plenário, que durante o exercício da função irá defender valores democráticos em favor dos trabalhadores, das crianças, dos jovens e das minorias.

Cid Gomes licencia-se do Senado para cuidar de filiações e coligações partidárias de candidatos em 2020

O senador Cid Gomes (PDT) irá se licenciar das atividades no Senado Federal até abril do próximo ano. De acordo com a solicitação feita pelo parlamentar, a licença servirá para tratar de assuntos particulares. No entanto, o pedetista assumirá o comando do partido no Ceará, e tocará a agenda partidária em todo o Estado durante o período eleitoral.

Deputado a quem o senador Cid Gomes chamou de “achacador” vira réu no Supremo acusado de corrupção passiva

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (8) tornar o deputado Arthur Lira (PP-AL), líder do bloco composto por PP, MDB e PTB na Câmara, réu por corrupção passiva, acusado de receber R$ 106 mil de propina em espécie. Esse deputado foi a quem o senador Cid Gomes (PDT/CE), semana passada, chamou de “achacador”.

PEC Paralela: Senadores Cid Gomes e Randolfe Rodrigues falam sobre proposta de Tasso Jereissati

Reunidos em evento na Assembleia Legislativa do Ceará, na manhã desta sexta-feira (6), os senadores Randolfe Rodrigues (Rede/AP), Cid Gomes (PDT/CE) e o presidente da AL-CE, deputado José Sarto (PDT), comentaram sobre a chamada PEC paralela, do senador Tasso Jereissati (PSDB/CE), que reinclui estados e municípios na Reforma da Previdência, mas de forma que as Assembleias Legislativas terão que dar o aval.

A volta das coligações proporcionais e prorrogação de mandatos dividem opiniões

Diante da intenção do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), de criar um grupo de trabalho para construir um projeto de reforma política no segundo semestre, algumas temáticas ganham força, como o retorno da coligação proporcional entre partidos para cargos legislativos; além da prorrogação dos mandatos de vereadores e prefeitos até 2022, visando à realização de eleições gerais.

“Governo (Bolsonaro) enxerga a universidade como um inimigo”, diz Cid Gomes sobre cortes na educação

O senador Cid Ferreira Gomes esteve na manhã desta sexta-feira (31) na Assembleia Legislativa, onde participou de uma audiência pública para discutir os cortes na educação anunciados pelo governo federal. Ao lado do presidente José Sarto e de reitores de universidades e institutos federais instalados no território cearense, ele criticou a forma que Bolsonaro trata o ensino superior no país.