PT aciona PGR e TSE após Bolsonaro exaltar aumento no número de armas e intimidar segurança das eleições

Notícia-crime enviada pelo partido diz: "O Presidente da República vem ameaçando o Estado democrático de Direito, descumprindo decisões judiciais, agindo em desacordo às políticas públicas definidas em lei e incitando a população a se armar individualmente, provocando os mais diversos episódios de violência psicológica e física e, notadamente, alarme social".

Ir ao Topo