Congresso Nacional promulga decreto que derruba limite de emendas parlamentares para combate à pandemia

O decreto suspende o artigo da portaria que estabeleceu um limite máximo para as emendas direcionadas a uma ação orçamentária criada pelo Congresso Nacional na Lei Orçamentária de 2021, chamada ''Reforço de Recursos para Emergência Internacional em Saúde Pública – Coronavírus''.

Camilo Santana e ministro da Saúde discutem o processo de aquisição das vacinas contra o coronavírus

Em reunião realizada em Brasília, o governador do Ceará, Camilo Santana esteve nesta segunda-feira (14) com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Em pauta estava as demandas do Ceará, mas principalmente, sobre a vacina da COVID-19.

Governadores cobram coordenação nacional no combate ao coronavírus. Mauro Benevides dá sugestão

Durante a reunião, o deputado Mauro Benevides Filho (PDT-CE), que já foi secretário de Fazenda do Ceará, sugeriu a criação de uma fonte específica de recursos para evitar problemas com os órgãos públicos de fiscalização de gastos.

Deputados mobilizam-se para derrubar veto de Bolsonaro sonegando R$ 8,6 bilhões a estados e municípios

Alguns deputados mobilizam-se para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro no trecho na lei 14.007/20 que destinava cerca de R$ 9 bilhões para o combate ao coronavírus (COVID-19) nos estados e municípios. A lei foi resultado da Medida Provisória 909/19, que extinguiu o Fundo de Reserva Monetária do Banco Central.

Por |2020-06-05T21:01:54-03:005 de junho de 2020|Tags: , , , |

Para o presidente do STF a economia nacional está prejudicada pela falta de coordenação no combate ao coronavírus

"Estamos há dois meses sem perspectiva, essa é a verdade”, afirmou o presidente. “Falta coordenação, falta orientação, faltam medidas que nos deem tranquilidade. Estou convicto de que a sociedade, tendo os sindicatos como representantes dos trabalhadores, deve apresentar uma proposta", completou Toffoli.

Senadores insistem em transferir o dinheiro dos partidos e das campanhas eleitorais para o combate ao coronavírus

O Fundo Eleitoral é distribuído para que os partidos políticos promovam as campanhas eleitorais de seus candidatos. O valor para 2020 é de cerca de R$ 2 bilhões. Já o Fundo Partidário tem previsto para este ano cerca de R$ 1 bilhão.

Ir ao Topo