Ministro do Turismo diz que preservação ambiental é essencial para manutenção do potencial turístico brasileiro

Durante entrevista Gilson Machado destacou que durante o período de pandemia as pessoas buscam visitar ambientes abertos, e que é necessário atualmente no Brasil apresentar segurança aos turistas, essencialmente intensificando a vacinação contra COVID-19 do público adulto, maior de 18 anos.

Por |2021-07-27T10:58:03-03:0027 de julho de 2021|Tags: , , , , |

Retomada no setor de eventos é impulsionada com verba federal de R$ 408 milhões

Mario Frias, secretário especial de cultura, do Ministério do Turismo, fez elogios à atuação do Governo Federal frente aos trabalhos na área de eventos. Destacando os trabalhos efetuados a partir da Lei Aldir Blanc ''responsabilidade do Governo Federal foi cumprida a risca''.

Concessão dos parques ecológicos de Jericoacoara e Ubajara para impulsionar o turismo

A iniciativa é dos Ministérios do Turismo e do Meio Ambiente em parceria com a Unesco, tendo o objetivo de fortalecer as ações de preservação ambiental e integrá-las à atividade turística, ao desenvolvimento econômico e social.

STJ não irá julgar o mandado de segurança da OAB contra o Ministério do Turismo

Em razão da incompetência absoluta para o caso, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) não irá julgar um mandado de segurança impetrado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo o presidente do tribunal, ministro Humberto Martins, na hipótese de o ato atacado não ter sido praticado por ministro de Estado, não há competência do STJ para julgar o caso.

Novo ministro do Turismo toma posse e apela para que governantes não decretem lockdown

O presidente da República Jair Bolsonaro deu posse ao novo ministro do Turismo, Gilson Machado nesta quinta-feira (17). Durante a cerimonia Machado fez um apelo para que governadores e prefeitos não decretem lockdown (fechamento total) das atividades, em razão da pandemia de COVID-19.

Proposta destina crédito suplementar de R$ 48,3 milhões para três ministérios

Na última quinta-feira (17) o Poder Executivo encaminhou ao Congresso Nacional uma proposta para destinação de crédito extra no valor de R$ 48,3 milhões à três ministérios. Foram contemplados o Ministério do Desenvolvimento Regional, Ministério do Turismo e Ministério da Agricultura. 

Ir ao Topo