TCU diz que falta de eficácia nos procedimentos adotados para análise do BPC resulta na perda de recursos públicos

TCU determinou ao INSS, ao Ministério da Cidadania e ao Ministério da Economia que regulamentem e implementem, no prazo de 90 dias, medidas para inverter a ordem de análise para requisições do BPC, de forma que a perícia médica preceda a avaliação social.

Ir ao Topo