Supremo vai analisar inelegibilidade de chefe do Executivo que tem contas rejeitadas pelo Legislativo

O recurso foi apresentado contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que indeferiu o registro de candidatura de João Teixeira Júnior, ex-prefeito de Rio Claro (SP), ao cargo de deputado estadual nas eleições 2022. O político teve as contas públicas relativas aos exercícios de 2018 e 2019 rejeitadas pelo Poder Legislativo do município.

Por |2024-06-18T15:17:35-03:0018 de junho de 2024|Tags: , , |
Ir ao Topo