Advogado de Bolsonaro, que teve sigilo fiscal e bancário quebrado, afirma que quer ir a CPI contar toda a verdade

Frederick Wassef teve sigilos fiscais e bancários quebrados pelo relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros, com o objetivo de investigar se ele teria recebido recursos da empresa Precisa Medicamentos na assinatura do contrato para a compra da vacina indiana Covaxin.

Por |2021-08-23T11:10:57-03:0023 de agosto de 2021|Tags: , , , |

CPI da Covid aprova 187 requerimentos de quebras de sigilos telemáticos, bancários e fiscais

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) apresentou um pedido de destaque para serem votados, em separado, requerimentos de investigação dos sites: Instituto Força Brasil, Renova Mídia, Terça Livre, Jornal da Cidade Online, Conexão Política, Crítica Nacional, Senso Incomum. Mesmo assim, os pedidos foram aprovados por seis votos a favor e quatro contra.

Por |2021-08-19T19:37:58-03:0019 de agosto de 2021|Tags: , , , , , , |

CPI da Pandemia — Sessão de hoje (19) pode ser a última de votação de requerimentos; 187 itens estão na pauta

Entre os requerimentos, 125 são pedidos de quebra de sigilo, solicitam relatórios de inteligência ao Coaf. Entre eles, estão pedidos referentes às organizações sociais, supostamente envolvidas em esquemas de corrupção no Rio de Janeiro. Como também de responsáveis por disseminar fake news.

Por |2021-08-19T15:28:56-03:0019 de agosto de 2021|Tags: , , , |

Dois assessores do Ministério das Comunicações têm quebra de sigilo mantida

Mateus Matos Diniz é coordenador-geral de Projetos Especiais da Secretaria de Publicidade e Promoção do Ministério das Comunicações; e Mateus de Carvalho Sposito, assessor da Coordenação-Geral de Conteúdo e Gestão de Canais da Secretaria de Comunicação Institucional.

Ir ao Topo