Para ministro, “Se Marco Civil foi suficiente, hoje não é mais”

As discussões sobre a responsabilidade jurídica de plataformas como YouTube, Twitter, Instagram e Facebook cresceram no Brasil, depois dos sucessivos ataques a escolas, diante de apoios sinalizados na internet, outro ponto levantado pelo ministro Paulo Pimenta.

Ministro da Secretaria de Comunicação compara vandalismo em Brasília com EUA: “Mais grave do que no Capitólio”

A destruição de salas dos prédios dos três Poderes da República não atingiu o gabinete de Lula, que tem a porta blindada. Segundo Pimenta, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, cujo gabinete também não foi atingido.

Ir ao Topo