Deputado consegue assinaturas e pede instalação de CPI da Enel - Blog Edison Silva

Deputado consegue assinaturas e pede instalação de CPI da Enel

Cavalcante anexou ao requerimento 28 processos movidos contra a distribuidora de energia Enel no Ceará. Foto: ALECE.

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) anunciou, na sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (05), que dará entrada em requerimento para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa com a finalidade de investigar denúncias de má prestação de serviços da empresa Enel Distribuição Ceará. De acordo com o deputado, o requerimento já conta com 20 assinaturas de apoio, quando o mínimo necessário são 12.

O documento, segundo ele, tem como base um levantamento composto por quatro volumes que contém denúncias de má prestação de serviço no fornecimento de energia elétrica.

> Del. Cavalcante fala da solicitação de CPI; ouça:

 

“Nosso Estado tem quatro milhões de unidades consumidoras da Enel, e como a mesma tem a concessão, segue lucrando cerca de R$ 500 milhões por ano e não se preocupa com o serviço que está oferecendo”, apontou.

Segundo Delegado Cavalcante, foram registradas 11.280 denúncias ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), 814 reclamações ao Procon Assembleia, 2.673 demandas ao Reclame Aqui e 1.350 protestos no Portal do Consumidor.

“Vejam a quantidade de vítimas desse mau atendimento. No Decon foram 128.182 reclamações só de contas duplicadas. A empresa foi multada várias vezes e nada acontece”, reclamou o parlamentar.

Para o deputado, a investigação se faz necessária pela quantidade de pessoas que se dizem prejudicadas. “Somos fiscais e vamos cumprir nosso papel como parlamentar. Esperamos que a Procuradoria dê parecer favorável e possamos apurar essas irregularidades. Tenho certeza que o resultado dessa CPI será de grande importância para os cearenses”, reforçou Delegado Cavalcante.

Questionado se já havia conversado com o presidente José Sarto (PDT) sobre a instalação da CPI, Cavalcante falou que tenta encontrá-lo há três dias, sem sucesso. “O homem só vive no Palácio da Abolição. Mas vou protocolar assim mesmo (o requerimento) e depois conversamos”, afirmou ao Blog do Edison Silva.

A Assembleia já tem uma CPI à espera de ser instalada, que se refere a diplomas falsos e foi requerida pelo deputado Elmano Freitas (PT).