Arquivos Sarto - Blog Edison Silva

Previdência de Fortaleza: Projetos que alteram Lei Orgânica do Município foram, oficialmente, retirados de discussão

No decorrer da semana, a Prefeitura de Fortaleza deve realizar encontros com os servidores públicos, principais afetados com as medidas, que realizaram ao menos três manifestações contra as propostas do Governo.  A tramitação das matérias, inclusive, foi suspensa pela Justiça, atendendo a mandado de segurança impetrado pela vereadora Enfermeira Ana Paula, do PDT.

Servidores municipais marcam manifestação na Câmara de Fortaleza, mas as matérias sobre Reforma Previdenciária não estão na pauta

As duas propostas estavam na pauta de votação na quarta-feira passada. No entanto, quando da votação de um dos textos, a sessão se estendeu até a noite, o que inviabilizou uma discussão do segundo projeto projeto. A primeira proposta de Emenda à Lei Orgânica do Município foi aprovada com 31 votos favoráveis e apenas nove contrários. Três vereadores estiveram ausentes.

Vereadores e suplentes de Fortaleza aguardam aprovação de projeto que dá status de secretário aos executivos das regionais

A medida iniciou tramitação ainda na sessão ordinária da quarta-feira (10) e já está apta para discussão na Comissão de Constituição e Justiça. A matéria deve entrar na pauta de votação da próxima semana, no dia 17 de fevereiro. Após aprovação e publicação no Diário Oficial do Município, os vereadores Michel Lins (Cidadania) e Raimundo Filho (PDT) poderão assumir, oficialmente, o comando das regionais 3 e 11.

“Os vereadores estão livres para se posicionar como querem”, diz presidente estadual do PT sobre oposição a Sarto

De acordo com o dirigente, não há prazo para que o PT de Fortaleza seja, oficialmente, notificado. “O Sarto já indicou o secretariado dele, então nossa decisão não tem nada com cargos. A bancada está tendo toda liberdade de atuar na Câmara, não vamos fazer qualquer exigência. A própria bancada vai definindo sua orientação. O presidente do partido é o vereador Guilherme, e isso facilita o posicionamento lá”.

Atos contra decreto do governador Camilo revelam divergência entre as oposições na Câmara de Fortaleza

De um lado está o PSOL e PT, que se alinharam ao pedetista durante o segundo turno das eleições municipais do ano passando, fazendo o que eles denominaram de “apoio crítico” à candidatura de Sarto. Do outro, os vereadores do PROS, Podemos, Republicanos e PSC, aliados de primeira ordem do candidato derrotado Capitão Wagner (PROS) e alinhados ao presidente Jair Bolsonaro.

Vetos de Roberto Cláudio e Sarto a projetos de governistas tramitam na Câmara de Fortaleza

O prefeito Sarto, por sua vez, vetou parcialmente, o projeto de Lei que estabelece normais sobre a comercialização de animais de estimação no Município de Fortaleza. Ele também indeferiu proposta que institui o projeto educacional “Direito na Escola”, de formação humanitária, ética e cidadã dos alunos da rede pública da cidade. As duas matérias são de autoria do ex-vereador Iraguassú Filho (PDT).