Quebra de decoro: PDT prepara nova denúncia contra André Fernandes; deputados cobram votação de suspensão - Blog Edison Silva

Quebra de decoro: PDT prepara nova denúncia contra André Fernandes; deputados cobram votação de suspensão

Processo no Conselho de Ética contra André Fernandes percorreu muitos meses, desde 2019. Foto: Assessoria da ALECE.

Nos bastidores da Assembleia Legislativa do Ceará, cresce a cobrança de parlamentares para que o presidente José Sarto (PDT) paute a votação, em sessão plenária remota, da suspensão temporária de 30 dias ao deputado André Fernandes (PSL), sugerida pelo Conselho de Ética da Casa, ainda sobre o processo de quebra de decoro, quando Fernandes acusou, sem provas, o colega Nezinho Farias (PDT) de apresentar projeto de Lei em 2019 visando beneficiar o crime organizado do Ceará.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o deputado Osmar Baquit (PDT), que já teve inúmeros embates em plenário com André Fernandes, confirmou a cobrança pela votação da suspensão ao colega.

“Não deixei de cobrar do presidente Sarto, talvez cobrar não seja o nome certo, mas pedi ao presidente que colocasse na pauta da próxima sessão a punição ao deputado André, que já está feita pelo Conselho de Ética e que o plenário vai referendar ou não”, afirmou.

Paralelamente, o PDT – maior bancada na Casa – prepara uma nova denúncia contra o André, novamente por quebra de decoro, agora por acusações feitas contra o o próprio Baquit.

No vídeo publicado nas redes sociais, Baquit lembrou das acusações recentes que André fez contra o secretário estadual de Saúde, Dr. Cabeto, de manipulação de dados de mortos da Covid-19; além do fato de André ter afirmado que ele (Baquit) estaria envolvido com uma quadrilha criminosa do Estado e com um incêndio de uma rádio no Interior.

“Eu posso até ser repetitivo, mas eu não vou deixar de cobrar punição ao deputado André Fernandes, que continua; foi assim com deputado Nezinho, foi assim comigo, foi assim com Dr. Cabeto. Ele tem que responder pelas suas mentiras e pelas suas fake news”, afirmou Baquit.

Votação secreta – Questões técnicas

Questionado pelo Blog do Edison Silva se o seu pedido seria atendido pela presidência, Baquit falou que há questões técnicas dificultando, pois as sessões e votações têm acontecido virtualmente devido à pandemia. “Como a votação em caso de punição é secreta, o presidente Sarto vai conversar com a Procuradoria da Assembleia e com o setor de Informática. Temos que ter um dispositivo que garanta o sigilo da votação”, explicou.

Nova quebra de decoro

 

Baquit tem postado vários vídeos com respostas ao colega André Fernandes. Foto: Reprodução.

A acusação de Fernandes contra Baquit vai gerar uma nova denúncia contra André Fernandes por quebra de decoro. Baquit afirmou ao Blog do Edison Silva que o PDT já disponibilizou um advogado, que entrará com uma ação no Conselho de Ética e outra na Justiça, fazendo uma interpelação ao deputado André, para que ele prove o que disse.

Baquit lembrou que a Assembleia tem três tipos de pena: a advertência, a suspensão e a perda de mandato. “André já foi condenado à suspensão, restando saber se o Plenário confirma ou não a punição. A partir daí, se ele for punido, não é mais réu-primário. E, com certeza, o PSDB deverá entrar também (com denúncia) na questão da denúncia que fez contra o Dr. Cabeto”, sentenciou.

Segundo a liderança do PDT na Casa, deputado Guilherme Landim, o assunto vem sendo dialogado internamente. Guilherme enviou uma nota solidarizando-se com Osmar sobre a acusação.

Um comentário sobre “Quebra de decoro: PDT prepara nova denúncia contra André Fernandes; deputados cobram votação de suspensão

Deixe uma resposta