Ministério Público notifica partidos a cumprirem o protocolo sanitário durante campanha eleitoral em Fortaleza - Blog Edison Silva

Ministério Público notifica partidos a cumprirem o protocolo sanitário durante campanha eleitoral em Fortaleza

Nos eventos em ambientes privados, públicos ou abertos sejam observados: o distanciamento mínimo entre os participantes, uso obrigatório de máscaras e disponibilização de álcool em gel 70%. Foto: MPCE.

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) recomenda que os representantes dos partidos políticos de Fortaleza respeitem todos os protocolos sanitários durante os atos de campanha eleitoral, a fim de evitar a proliferação da Covid-19.

Os 32 representantes dos diretórios municipais dos partidos políticos na Capital foram notificados da recomendação nesta segunda-feira (05). Dessa forma, o MPCE orienta que os partidos adotem as providências necessárias para cumprir as medidas previstas no Protocolo Geral de retorno das atividades, bem como no Protocolo Setorial 22, relativo a eventos.

Máscara e álcool em gel

Além disso, o MPCE requer que nos eventos a serem realizados em ambientes privados, públicos ou abertos ao público – a exemplo de carreatas, passeatas, adesivaços, comícios ou similares – seja observado o distanciamento mínimo entre os participantes, o uso obrigatório de máscaras e a disponibilização de álcool em gel 70%. Também devem ser tomadas todas as medidas necessárias para evitar aglomerações, como limitação dos espaços e duração por curto período de tempo.

O Ministério Público também expediu recomendações ao Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Ceará, à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), à Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e à Guarda Municipal de Fortaleza, na sexta-feira (02). O intuito foi alertar que esses órgãos públicos, no âmbito das respectivas atribuições, adotem as providências legais para fiscalizar, nos atos de campanha eleitoral, o cumprimento das normas sanitárias impostas pelos decretos estaduais e municipais de combate à pandemia de Covid-19.

Todas as recomendações são assinadas pelos promotores de Justiça, Lucy Antoneli, titular da 138ª Promotoria de Justiça de Fortaleza; Ana Cláudia Uchoa, titular da 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza; e Eneas Romero, coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (Caocidadania). Os documentos foram expedidos no âmbito de Procedimento Administrativo instaurado pelo MPCE na quinta-feira (01/10).

Com informações do MPCE.

Deixe uma resposta