Sarto tem decréscimo de R$ 600 mil em quatro anos. O vice apresenta saldo negativo na conta - Blog Edison Silva

Sarto tem decréscimo de R$ 600 mil em quatro anos. O vice apresenta saldo negativo na conta

Imagem de Sarto quando candidato a deputado estadual em 2010 pelo PSB. Foto: Divulgação.

Aparentemente, o candidato a prefeito da base governista em Fortaleza, deputado José Sarto (PDT), perdeu R$ 623 mil no seu patrimônio nos últimos quatro anos. Isso se for levado em consideração aquilo que foi declarado pelo candidato à Justiça Eleitoral.

Além disso, seu vice, Élcio Batista (PSB), declarou possuir uma conta negativa na poupança no valor de R$ 24 mil, o que chama atenção, já que o pessebista atuou como um gestor qualificado no Governo de Camilo Santana, na chefia da Casa Civil.

José Sarto Nogueira Moreira declarou possuir bens no valor de R$ 1.576.407,67, mais de R$ 623 mil a menos do que havia declarado à Justiça Eleitoral em 2018, dois anos atrás, quando apresentou bens totais avaliados em R$ 2.199.355,97.

Segundo o postulante, ele possui um apartamento em Aquiraz no valor de R$ 602 mil, além de outro imóvel em Fortaleza avaliado em R$ 450,5 mil. Também possui uma Hilux de R$ 209 mil, e um Toyota de R$ 80 mil. Chama atenção uma casa pertencente a Sarto na periferia da Capital cearense, avaliada apenas em R$ 21 mil.

Apesar de ter, aparentemente, perdido mais de R$ 600 mil em dois anos, Sarto conseguiu outro feito entre 2014 e 2018. De acordo com o que declarou à Justiça Eleitoral, em 2014 possuía bens no valor de R$ 912 mil, passando para mais de R$ 2,1 milhão em 2018. Neste período, o pedetista mais que dobrou todos os seus bens.

Em 2010, quando foi eleito para mais uma legislatura como deputado estadual, os valores de seus bens acumulados eram da ordem de R$ 1,1 milhão, praticamente, o mesmo do que foi declarado por ele em 2006, quatro anos antes.

Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Sarto é um dos parlamentares mais experientes da Casa. Já foi líder do Governo, presidiu comissões técnicas, participou da Mesa Diretora até se tornar chefe do Legislativo estadual. Em 2018, foi eleito com 68.937 votos. Quatro anos antes, em 2014, esteve na quinta colocação, com 85.310 sufrágios. Há dez anos, em 2010, se elegeu com 65.282 votos.

A coligação encabeçada por Sarto, denominada de “Fortaleza cada vez melhor”, é composta por PP, PSD, PSDB, DEM, PSB, PTB, PDT, PL, Cidadania e Rede.

O candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Sarto, Élcio Batista, do PSB, declarou possuir bens no valor de R$ 1 milhão, sendo uma casa de R$ 700 mil, no bairro Praia do Futuro, e um apartamento de R$ 369 mil. Ele declarou um saldo negativo em conta corrente no valor de R$ 24.697,88. Natural do Paraná, Batista está indo para a sua primeira disputa.

Deixe uma resposta