PTC e DC deixam base de apoio do prefeito Roberto Cláudio e se unem a Capitão Wagner em Fortaleza - Blog Edison Silva

PTC e DC deixam base de apoio do prefeito Roberto Cláudio e se unem a Capitão Wagner em Fortaleza

No ano passado, Tomaz Holanda firmou compromisso com o prefeito Roberto Cláudio para as eleições deste ano. Foto: Reprodução/Facebook.

O pré-candidato a prefeito de Fortaleza, Capitão Wagner (PROS), continua se articulando nos bastidores da política local com vistas a se consolidar como postulante com potencial de bater de frente com a candidatura governista. O republicano passou a contar com os apoios do Partido Trabalhista Cristão (PTC) e o Democracia Cristã (DC), duas legendas que estiveram, até pouco tempo, na base de sustentação do prefeito Roberto Cláudio.

O presidente do PTC, o ex-deputado Tomaz Holanda, afirmou ao Blog do Edison Silva que o evento de confirmação da aliança será realizado no próximo dia 25 próximo na sede do partido.

Em setembro do ano passado, porém, o dirigente chegou a descartar possibilidade de apoio à candidatura de Wagner e reafirmou “apoio incondicional” ao prefeito Roberto Cláudio nas eleições de 2020.

Nessa época, a direção municipal do PTC tinha anunciado rompimento com a gestão, o que pegou de surpresa as vereadoras Cláudia Gomes e “Bá”, até então filiadas à legenda. As duas deixaram o partido em abril deste ano, durante a “janela partidária”. Cláudia ingressou no DEM, e Bá no PP.

Por conta desse episódio, Tomaz Holanda foi recebido pelo prefeito e parabenizado pela medida tomada em relação ao apoio ao Governo. Em publicação feita em suas redes sociais, à época, Holanda disse que Roberto Cláudio prometeu: “que haverá muita reciprocidade na caminhada rumo a 2020”. Estiveram presentes ao encontro Samuel Dias, Lúcio Bruno e Haroldo Praxedes, principais assessores do prefeito na ocasião.

 

No entanto, passados dez meses do ocorrido, Holanda disse ao Blog do Edison Silva que a Prefeitura de Fortaleza foi “desatenciosa” com os pleitos de seu partido.

Com Capitão Wagner, porém, Holanda destacou que houve proximidade e garantia de discussão de pontos importantes para a cidade. “Meu relacionamento com o Roberto Cláudio não era bom, faltou diálogo. Mas com o Capitão Wagner a gente consegue discutir os problemas de Fortaleza”, disse.

O Democracia Cristã, que no Ceará é  presidido pela ex-vereadora Tamara Holanda, filha de Tomaz Holanda, também deve anunciar apoio a Capitão Wagner. A solenidade, porém, deve acontecer em outra ocasião.

Nove partidos

Capitão Wagner ainda aguarda um apoio oficializado por parte do Partido Social Liberal, o PSL, que no Ceará é presidido pelo deputado federal Heitor Freire. O parlamentar, porém, defende internamente que a legenda lance candidatura própria, e coloca seu nome à disposição do partido.

Além do PTC e DC, já confirmaram apoio a uma eventual candidatura de Capitão Wagner: o Republicanos, Avante, PSC, PMB, PMN e Podemos. Juntamente com o PROS, ao todo, existem nove partidos alinhados com a postulação do republicano em Fortaleza.

Grupo político

De todas essas siglas, porém, somente o Republicanos e o Podemos podem contribuir com o tempo de rádio e televisão durante a campanha, uma vez que são as siglas com maior representatividade na Câmara Federal.

Em 2016, quando tentou candidatura à Prefeitura de Fortaleza, Wagner contou com o apoio de pouco mais de 100 postulantes à Câmara Municipal. Neste ano, no entanto, a previsão é de ao menos 600 postulações de seu grupo político ao legislativo da Capital cearense.

3 comentários “PTC e DC deixam base de apoio do prefeito Roberto Cláudio e se unem a Capitão Wagner em Fortaleza

Deixe uma resposta