Dirigentes da Assembleia discutem com deputados o plano de retorno das atividades presenciais - Blog Edison Silva

Dirigentes da Assembleia discutem com deputados o plano de retorno das atividades presenciais

Reunião remota ocorreu nesta quarta-feira (24). Foto: Reprodução.

Na Assembleia Legislativa do Ceará aconteceu, na manhã desta quarta-feira (24), reunião remota da Mesa Diretora e do Colégio de Líderes. Segundo o presidente José Sarto (PDT), foram apresentadas aos parlamentares as medidas que a Casa está adotando para quando forem retomadas as atividades presenciais na sede da Assembleia.

“Foi um momento para ouvir a opinião e reunir as sugestões dos deputados e deputadas”, afirmou Sarto. Ainda segundo o presidente, o protocolo sanitário inclui aquisição de máscaras, álcool em gel, testes rápidos e termômetros infravermelho, além de sinalização, controle de acesso e campanha educativa.

“Ainda não temos data definida, mas estamos nos preparando para retomar gradualmente os trabalhos em nossa sede preservando a saúde de todos, parlamentares, servidores, terceirizados e público visitante”, afirmou Sarto nas redes sociais.

Reunião com especialistas

Líder do PDT, partido que reúne a maior bancada na Assembleia, o deputado Guilherme Landim afirmou ao Blog do Edison Silva que, após ouvir as sugestões apresentadas, a presidência irá reunir-se com especialistas para montar um plano que possa proteger e dar a maior segurança possível aos servidores, imprensa e aos parlamentares.

“Acho que podemos, nesse mês de Julho, começar a voltar gradativamente as atividades, seguindo uma série de normas, mas acho que é importante sim a volta das atividades presenciais, inclusive para que possamos andar com mais rapidez em muitos projetos que estão em apreciação dentro da Casa ainda”, afirmou Guilherme, informando que, após a discussão com os especialistas, Sarto deverá novamente sentar com os parlamentares para definirem as datas do retorno.

Dar bom exemplo

Também presente na reunião desta manhã, o deputado Renato Roseno (Psol) afirmou que as instituições públicas têm que dar bons exemplos. “Qualquer retorno deve ser para dar exemplo de boa gestão de segurança sanitária e cuidados de saúde pública”, afirmou ao Blog.

Para Renato, a Secretaria da Saúde (Sesa) do Estado e a Assembleia podem monitorar o andamento do retorno. “Monitorar o retorno e oferecer subsídios para novas experiências em outras instituições”, concluiu o parlamentar, lembrando ser possível ter atividades presenciais no plenário com rodízio de pessoas.

Um comentário sobre “Dirigentes da Assembleia discutem com deputados o plano de retorno das atividades presenciais

Deixe uma resposta