Assembleia aprova nota de repúdio a especial de Natal do grupo Porta dos Fundos - Blog Edison Silva

Assembleia aprova nota de repúdio a especial de Natal do grupo Porta dos Fundos

Luiz Henrique retornou à Assembleia Legislativa após 10 sessões de ausência. Foto: ALECE.

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa do Ceará aprovou uma nota de repúdio contra o filme “Especial de Natal Porta dos Fundos: A primeira Tentação de Cristo”, produzido pelo grupo de humor brasileiro Porta dos Fundos, catalogado na plataforma Netflix de streaming. A nota foi um requerimento do deputado estadual Apóstolo Luiz Henrique (PP) e fora aprovada pelos 31 deputados presentes na sessão deliberativa desta terça-feira (17).

Pouco antes, no primeiro expediente da sessão plenário, Luiz Henrique havia voltado a criticar o programa pelo que considera desrespeito aos cristãos e ataque aos princípios bíblicos. “As pessoas se utilizam do subterfúgio da arte para atacar e achincalhar os cristãos. É lamentável”, afirmou.

Após a votação do requerimento do parlamentar, o deputado Renato Roseno (Psol), que acabara de chegar de evento externo à Assembleia, comunicou ao plenário que teria votado contra a nota de repúdio recém aprovada. “Não me parece ser razoável um ato de censura”, classificou o psolista.

Missão especial retirada

Ainda no pronunciamento que fez no primeiro expediente, o deputado Luiz Henrique comentou a reportagem do Blog do Edison Silva, que afirmou que ele viajara para Israel, tendo faltado dez sessões ordinárias da Casa e justificado a ausência como ‘missão especial’.

“Ouvi críticas, mas o que posso dizer é Israel tem muitas experiências que devemos utilizar. Sou pastor e deputado atuante, autor de vários projetos, e não viajei com o dinheiro do Parlamento”, enfatizou, ressaltando serem as críticas uma ‘obra do diabo’.

Em entrevista, na sequência, afirmou que retirou a missão especial da justificativa de ausência, pois não conseguiu encontrar-se em Israel com o embaixador daquele país. O encontro, garantiu o deputado, só foi possível em São Paulo, posteriormente. Com a retirada da justificativa, o parlamentar deverá ter descontadas as ausências.

Um comentário sobre “Assembleia aprova nota de repúdio a especial de Natal do grupo Porta dos Fundos

Deixe uma resposta