Suplentes assumem vagas deixadas por vereadores que foram convocados para o Governo Sarto - Blog Edison Silva

Suplentes assumem vagas deixadas por vereadores que foram convocados para o Governo Sarto

Neófito na politica, Pedro França é neto da secretária Socorro França. Foto: Reprodução/Facebook.

Com as indicações de vereadores para o comando das Secretarias Executivas Regionais, a composição da Câmara Municipal de Fortaleza sofrerá alteração nos seus quadros. No entanto, como todos fazem parte da base governista do prefeito Sarto, a mudança será apenas superficial. A não ser por mais uma indicação que deve ser feita em breve.

O prefeito Sarto indicou o irmão, o vereador Elpídio Nogueira (PDT), para assumir o comando da Secretaria de Cultura, e com isso abriu vaga para o primeiro suplente da sigla pedetista, Carlos Mesquita (PDT), já empossado, que seguirá para o seu oitavo mandato parlamentar.

Na noite da quinta-feira (07), Raimundo Filho (PDT) foi indicado para comandar a Regional 11, no novo conceito de territorialização da cidade, aprovado ainda na gestão do ex-prefeito Roberto Cláudio. Com a ida do parlamentar para a gestão, abriu-se uma vaga na Câmara Municipal para outro suplente do PDT, que seria, em tese, preenchida por Iraguassú Filho (PDT), mas este também foi contemplado com um cargo no Governo de Sarto.

Vereadores e suplentes são indicados para comandar Secretarias Regionais da Prefeitura de Fortaleza

Iraguassú Filho, que obteve mais de 8.100 votos no pleito do ano passado, não conseguiu reeleição, ficando na segunda suplência do PDT. O ex-vereador, porém, deve comandar a Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci). Aliás, desde o início da semana que ele já está atuando no órgão. Com isso, Didi Mangueira, o próximo suplente pedetista da fila assumirá a vaga aberta na Câmara Municipal.

Desde o resultado das urnas, quando Didi Mangueira não foi reeleito para um novo mandato, houve uma tentativa de levá-lo de volta para a Casa Legislativa. A ideia, claro, envolvia indicações ao Executivo que pudessem beneficiar o parlamentar, que deve retornar ao Parlamento.

O interesse na participação do suplente no dia a dia das discussões da Câmara Municipal se deve à experiência acumulada, bem como ao trabalho que ele realizou nos últimos anos, principalmente, quando presidiu a Comissão de Constituição e Justiça do Legislativo da Capital.

Outro vereador que deve se ausentar da Casa pelos próximos anos é Michel Lins, que preside o Cidadania. O parlamentar comandará a Regional 3, e com isso o suplente do partido, Pedro França deve assumir. Pedro é neto da secretária de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França.

Um comentário sobre “Suplentes assumem vagas deixadas por vereadores que foram convocados para o Governo Sarto

Deixe uma resposta