Baleia Rossi defende Câmara Federal independente em encontro com Camilo Santana e deputados cearenses - Blog Edison Silva

Baleia Rossi defende Câmara Federal independente em encontro com Camilo Santana e deputados cearenses

A reunião contou com menos da metade dos membros da bancada federal do Ceará. Foto: Divulgação.

Candidato a presidente da Câmara Federal, o deputado Baleia Rossi (MDB/SP) participou, na tarde desta quarta-feira (13), de encontro com o governador Camilo Santana (PT) e com parte dos membros da bancada federal cearense no Palácio da Abolição. O emedebista destacou a necessidade de se defender a independência da Casa Legislativa bem como da democracia brasileira. Ainda de acordo com ele, uma Câmara independente “consegue produzir muito mais do que uma Câmara submissa que acaba sendo um cartório do que o Executivo quer”.

O governador Camilo Santana registrou assim a reunião: “Recebi nesta quarta-feira a visita do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele estava acompanhado do deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), que é candidato à sucessão de Maia na Câmara. Também estiveram presentes o senador Cid Gomes e deputados da bancada federal. Acredito no projeto do deputado Baleia Rossi para a Câmara, baseado no diálogo, no respeito às instituições e na parceira com os estados no enfrentamento aos problemas que afligem o Brasil, assim como vem fazendo o presidente Rodrigo Maia.”

Baleia Rossi é considerado o candidato de oposição ao Governo Jair Bolsonaro, uma vez que o Planalto apoia a candidatura de Arthur Lira, do Progressistas de Alagoas. Lira deve participar de encontro com o governador Camilo Santana nesta quinta-feira (14). A reunião também acontecerá com as presenças de outros parlamentares cearenses.

O candidato emedebista destacou que, apesar de ser seu adversário nesta disputa, Artur Lira (PP-AL) é um líder importante e merece ser respeitado. No entanto, o que está em jogo é a defesa da independência dos deputados federais. “Eu defende uma Câmara independente. Acho que a Câmara não pode ser submissa a outro Poder. A Câmara cresceu muito pela sua independência. E, claro, a defesa da nossa democracia é algo inegociável. Com essas bandeiras vamos levar a nossa mensagem a cada deputado para podermos lutar por um Brasil melhor”, disse.

“Essa é uma oportunidade de afirmarmos o nosso compromisso com o País, de uma Câmara que possa trabalhar no fortalecimento de cada um dos 513 deputados”, disse Baleia Rossi em entrevista coletiva. Ainda de acordo com ele, a frente ampla de 11 partidos é um movimento político importante, que demonstra a força das legendas visando a garantia da democracia e independência.

“Nossa candidatura representa uma união de 11 partidos que deixaram de lado diferenças ideológicas para defender uma Câmara forte, independente, que foi capaz de fazer com que os estados tivessem uma ajuda especial para superar esse ano difícil que tivemos, para garantir salário em dia e serviços essenciais. Garantiu o auxílio emergencial, não em R$ 200 como queria o Governo, mas em R$ 600. A Câmara independente consegue produzir muito mais do que uma Câmara submissa que acaba sendo um cartório do que o Executivo quer” – (Baleia Rossi)

O atual presidente da Câmara Federal, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), durante reunião, chegou a comentar sobre o anúncio de fechamento das fábricas da montadora Ford no Brasil, que deve afetar diretamente cerca de 450 famílias cearenses, uma vez que existe filial da empresa no Município de Horizonte. Ele defendeu um debate sobre o desenvolvimento industrial do Brasil e demonstrou preocupação com a situação atual do setor.

Ele defendeu não somente uma reforma tributária, mas também uma discussão sobre o desenvolvimento regional. “Não pode São Paulo, Rio de Janeiro ou o Sul ter uma condição e o Norte e Nordeste outra. Então, o fechamento da Ford nos leva a uma discussão não somente de uma Reforma Tributária, mas a importância de se discutir uma nova política de desenvolvimento regional que garanta a todos os brasileiros as mesmas condições de cidades mais ricas e regiões mais ricas”.

Ainda de acordo com ele, a disputa, que deve acontecer no mês de fevereiro, acontecerá sem qualquer mudança que possa gerar dúvidas dos parlamentares. No entanto, ele defende que aqueles deputados que sejam do grupo de risco para o novo coronavírus participem da votação de forma remota. “Mas essa é uma decisão que cabe à Mesa e não somente a mim”, afirmou.

Camilo Santana destacou a importância da Câmara dos Deputados no momento de pandemia em que o País vive. “A aprovação do auxílio emergencial, projetos como o Fundeb, são ações importantes que a Câmara tem desempenhado para o Brasil. O Rodrigo é um grande presidente, um homem de diálogo. São enormes os desafios econômicos, sociais e não tenho dúvida que o Baleia representa ter as características do diálogo, do debate franco, para que possamos avançar nesse momento de pandemia”, disse.

A reunião contou com menos da metade dos membros da bancada cearense na Câmara Federal. Um dos participantes da reunião foi o deputado federal Idilvan Alencar (PDT), que fez algumas cobranças ao seu candidato. Dentre os pontos colocados pelo pedetista está a participação dos professores como grupo prioritário para ser imunizado contra o novo coronavírus, o sistema nacional de educação e sua posição contrária à proposta de reforma administrativa, que segundo ele, é prejudicial para todo o País e desrespeitosa com o servidor público.

Deixe uma resposta