Mais um deputado do PP entra de licença para beneficiar Manoel Duca, do PDT - Blog Edison Silva

Mais um deputado do PP entra de licença para beneficiar Manoel Duca, do PDT

Leonardo Pinheiro pediu licença por 120 dias para tratar de assuntos pessoais. Foto: ALCE.

Foi lido durante sessão deliberativa, nesta quinta-feira (28), na Assembleia Legislativa do Ceará, pedido de licença do deputado Leonardo Pinheiro (PP), por até 120 dias, para tratar de assuntos pessoais. Com isso, o pedetista Manoel Duca, o “Duquinha“, será, mais uma vez beneficiado.

Desde o início do ano, deputados do Progressistas têm se revezado em pedidos de licença para, dessa forma, beneficiar o suplente Duquinha. O primeiro a se licenciar, por motivos de saúde, foi Fernando Hugo (PP). Após seu retorno, Bruno Pedrosa (PP) foi convocado para tirar licença. Dessa vez, é Leonardo Pinheiro.

Duquinha não foi eleito no pleito do ano passado, mas desde fevereiro deste ano que ele tem continuado no exercício do mandato na Casa, por conta das licenças de seus pares filiados ao Progressistas. Os membros do PDT, porém, até o momento, não tiraram um dia sequer de licença.

De acordo com o líder do PDT na Casa, Guilherme Landim (PDT), a “fila” dos suplentes está sendo respeitada, e há aqueles parlamentares que precisam tirar licença para visitar suas bases, resolver questões pessoais. Já Lucílvio Girão, do PP, reclamou que “nenhum” de seus colegas pedetistas tenham tirado licença. Na verdade, Osmar Baquit (PDT), também está licenciado.

O próprio Manoel Duca, e seu irmão, o ex-deputado federal Aníbal Gomes, conversaram com Leonardo Pinheiro para que ele entrasse de licença. O mesmo teria ocorrido com Bruno Pedrosa, que retorna à Casa no próximo dia 2 de dezembro.

Enquanto isso, os suplentes Ferreira Aragão (PDT) e Adail Júnior (PDT) têm reclamado a falta de companheirismo de seus correligionários, que não pedem licença para que eles tenham direito a quatro meses de mandato.

Um deputado, que preferiu não se identificar, chegou a dizer que o secretário de Cidades, o deputado licenciado Zezinho Albuquerque (PDT), teria articulado as licenças de parlamentares do Partido Progressistas. Zezinho é pai do deputado federal AJ Albuquerque, presidente estadual da sigla.

Os próximos suplentes da coligação formada por PDT, PP, DEM, PR e PRP são pela ordem: Ferreira Aragão, Adail Júnior e Josbertini Clementino. Lucílvio Girão, Duquinha e Oriel Nunes (PDT) já foram beneficiados com as licenças de outros membros do grupo. Além de Zezinho Albuquerque, licenciado para assumir a Secretaria de Cidades, também está afastado da Casa o pedetista Osmar Baquit.

Um comentário sobre “Mais um deputado do PP entra de licença para beneficiar Manoel Duca, do PDT

Deixe uma resposta