Especialistas criticam e defendem mudanças em resolução do CFM sobre cirurgias em crianças intersexo

Presidente da Associação Brasileira de Intersexos (ABRAI), criticou as aplicações práticas da Resolução do CMF, pois não cria aparatos e respaldos para o trabalho dos médicos, por ser considerada arcaica.