Acrísio defende Guilherme Sampaio para Prefeitura e lamenta ausência do nome do governador em manifesto de petistas - Blog Edison Silva

Acrísio defende Guilherme Sampaio para Prefeitura e lamenta ausência do nome do governador em manifesto de petistas

Acrísio Sena lamentou ausência do nome do governador Camilo Santana em manifesto do PT. Foto: Reprodução.

Um dos membros da bancada do PT na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Acrísio Sena, afirmou ao Blog do Edison Silva que o nome para a Prefeitura de Fortaleza, que representa renovação na legenda, com perspectivas positivas de futuro, é o do vereador e presidente do partido na Capital, Guilherme Sampaio. O petista lamentou que o manifesto publicado por alas do Partido dos Trabalhadores não tenha mencionado a importância do governador Camilo Santana para o processo eleitoral na cidade.

De acordo com o petista, o manifesto, apesar de demonstrar a vocação democrática do partido, peca por não, segundo ele, citar “a principal liderança política do PT no Estado”. Para Acrísio Sena, outro erro cometido pelas alas diz respeito à defesa de uma ampla frente para a democracia sem incluir nesta o Partido Democrático Trabalhista (PDT), que deve lançar candidatura própria neste ano em Fortaleza.

Alas do PT de Fortaleza apresentam manifesto cobrando celeridade na escolha do candidato. Debate foi adiado para dia 18/02

“Se pretendemos fazer a construção dessa frente pela democracia, o partido tem que ter disposição para se sentar à mesa com todos esses partidos, ao invés de previamente ter um nome e os partidos virem apenas para ratificar esse nome”, destacou.

A outra questão abordada por ele como negativa no manifesto é quando desconsidera “a importância da maior liderança pública e política do PT no Estado, que é o governador Camilo Santana”. “Não tem uma linha que mencione a importância do governador, que é a maior liderança para o processo eleitoral deste ano Ceará, inclusive, em Fortaleza”, apontou Acrísio Sena.

Na avaliação do deputado, o PT precisa renovar suas ideias e se reinventar, além de admitir uma autocrítica e apontar acertos e falhas dos oito anos da gestão da ex-prefeita Luizianne Lins. Por isso ele defende a construção de novos quadros.

“Não tenho nada contra o nome da ex-prefeita, mas acho que o nome do vereador Guilherme projeta o partido para o futuro. Acho que o nome que melhor se encaixaria no PT não é o nome da Luizianne, mas o nome do Guilherme Sampaio. Um vereador que vem com bagagem boa, tem referência na Capital, pode perfeitamente cumprir essa missão” – (Acrísio Sena)

Outra crítica de Acrísio diz respeito ao documento não colocar em perspectiva que a candidatura do deputado federal Capitão Wagner é a que estaria mais próxima do “bolsonarismo” condenado pelo manifesto. Para ele, é preciso deixar claro que o adversário do PT seria o nome de Wagner e não do PDT.

Sena defende que as presidências do PT no Estado e na Capital se reúnam com o governador Camilo Santana, junto com as cabeças pensantes do partido, para discutir o assunto. “Não terá êxito nenhuma candidatura em Fortaleza em que não leve em consideração o capital político e as ações do Governo na Capital. Não tem um projeto estruturante em Fortaleza que não tenha o apoio do governador. Por que o PT não vai levar isso em consideração?”, questionou.

O governador Camilo Santana, pela proximidade que tem com lideranças pedetistas, tem defendido aliança entre PT e PDT já no primeiro turno das eleições deste ano em Fortaleza. No entanto, segundo Acrísio Sena, em não se podendo realizar tal aliança, a sigla petista precisa ter nome, e aquele que ele defende é o de Guilherme Sampaio.

Camilo

“O nome que se encaixa é o do Guilherme. Não exitarei em nenhum momento em estar nessa perspectiva de renovação e reinvenção do PT para apostar no crescimento do partido”, defendeu o deputado. Na Assembleia Legislativa, Acrísio Sena é o único que tem se posicionado a favor do nome do vereador. Elmano de Freitas, por outro lado, inclusive, assinou o manifesto das quatro alas petistas, como foi mostrado no Blog do Edison Silva.

O deputado Moisés Braz já teve diálogo com a ex-prefeita Luizianne Lins, e membros de sua ala assinaram o manifesto. Já Fernando Santana, que tem ligação maior com o governador Camilo Santana, não se posicionou sobre o processo eleitoral na Capital.

Manifesto

Como o Blog mostrou em publicação de terça-feira (11), assinam o manifesto diversas pessoas que, inclusive, apoiaram o vereador Guilherme Sampaio para presidente do PT de Fortaleza, no ano passado. O grupo liderado pelo deputado federal José Airton Cirilo, o Movimento PT, o mesmo da vice-presidente da legenda, Liliane Araújo, contou com quase mil votos.

O grupo que apoia o nome de Luizianne Lins na disputa eleitoral deste ano, em Fortaleza, representa a maioria dos votos internos da sigla. Pelo menos 324 filiados do PT assinaram o manifesto, e com isso, acreditam que podem vencer em uma eventual prévia antes do pleito eleitoral, o que se encerraria no mês de abril.

Sobre a ausência do nome do governador Camilo Santana no documento, membros que assinaram o manifesto disseram ao Blog do Edison Silva que a proposta passou pelas quatro alas. “Se não colocaram o nome do governador é porque não viram necessidade”, informou um membro do PT.

Deixe uma resposta