Pelo menos dez partidos já mudaram de nome para se aproximar da população - Blog Edison Silva

Pelo menos dez partidos já mudaram de nome para se aproximar da população

Outras siglas devem surgir ao longo do ano após fusão e incorporação de legendas que não atingiram a cláusula de desempenho estipulada pelo TSE. Foto: Divulgação

Nos últimos 12 anos, ao menos 10 partidos políticos já mudaram de nome para tentar se aproximar cada vez mais do eleitorado brasileiro. A quase totalidade, porém, alterou sua nomenclatura nos últimos dois anos. Outras siglas devem surgir ao longo do ano após fusão e incorporação de legendas que não atingiram a cláusula de desempenho estipulada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O PPL, por exemplo, deixou de existir em todo o território nacional e se fundiu com o PCdoB. Em Fortaleza isso fez com que a bancada da legenda, que era formada por três vereadores, incluindo aí o líder do Governo, Ésio Feitosa, deixasse de existir na Casa.

Nenhum dos vereadores, porém, quis aderir ao PCdoB. Ésio Feitosa e Gardel Rolim, egressos do PPL, chegaram a dizer que não compactuavam com a ideologia “comunista” do novo partido. Já Larissa Gaspar, que também foi eleita pelo PPL em 2016, preferiu retornar para o PT, mesmo sob protestos de muitos filiados da sigla petista.

Após críticas da população, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, o PMDB, resolveu voltar às origens, da época da ditadura militar, e retirou o “partido” de sua nomenclatura. A sigla pretende, futuramente, se chamar apenas “Movimento”. Apesar da mudança de nome, os caciques do novo MDB continuam sendo os mesmos de outrora.

O Partido Popular Socialista (PPS), devido a críticas de boa parte da população, decidiu mudar de nome e agora se chama “Cidadania”. A legenda, porém, ainda está registrada com a antiga sigla. O Partido Ecológico Nacional (PEN), para tentar atrair o então candidato a Presidência da República, Jair Bolsonaro, resolveu se denominar de Patriotas.
O PRB, que tem relação estreita com membros da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) mudou de Partido

Republicano Brasileiro para Republicanos, em alusão à legenda do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.
No entanto, o Democratas brasileiro, que até 2007 se chamava PFL (Partido da Frente Liberal), tem em sua ideologia partidária, praticamente, a mesma filosofia do novo Republicanos. Coisas de Brasil.

O Partido da República (PR), que se chamava Partido Liberal (PL) até 2007, resolveu retomar o antigo nome, uma vez que os autointitulados liberais estão no gosto da população brasileira. O Partido Trabalhista Nacional (PTN), nascido no pós segunda guerra mundial, em 1945, mudou o nome para Podemos. Mas não confundir com os ideais do Podemos da Espanha.

O Partido Social Democrata Cristão (PSDC), presidido pela figura emblemática de José Maria Eymael, agora é apenas Democracia Cristã, ou DC para os mais íntimos. Mudar a nomenclatura de suas legendas sem alterar a atuação programática e manter os mesmos caciques no comando das siglas é algo que passou a ser corriqueiro nos partidos políticos brasileiros. Na prática, porém, a mudança é bem mais difícil.

Partidos que mudaram de nome nos últimos anos

PTN – Podemos
PRB – Republicanos
PMDB – MDB
PPS – Cidadania
PP – Progressistas
PFL – Democratas*
PR – PL
PEN – Patriotas
PSDC – DC
PTdoB – AVANTE

*alterou o nome em 2007

Deixe uma resposta