Disputa para o comando do PT de Fortaleza, frusta petistas aliados do governador. O segundo turno é com aliados de Luizianne - Blog Edison Silva

Disputa para o comando do PT de Fortaleza, frusta petistas aliados do governador. O segundo turno é com aliados de Luizianne

Três principais candidaturas na disputa. Vereador Guilherme teve maior número de votos. Foto: Reprodução/Facebook

A eleição interna para presidência do Partido dos Trabalhadores (PT), em Fortaleza, será definida somente no próximo dia 29 de setembro. O Processo de Eleições Diretas (PED), ocorrido neste domingo (08), contou com a participação de quase quatro mil votantes em 13 locais de votação da etapa municipal do 7º Congresso Nacional do PT. O resultado do primeiro turno frustou a petistas, aliados do governador, que ainda sonham na possibilidade de ele continuar no PT, no curso da campanha municipal do próximo ano.

A disputa no segundo turno será realizada com os candidatos Raimundo Ângelo, o “Raimundinho”, ex-presidente da municipal do PT em Fortaleza, e o vereador Guilherme Sampaio, que ficou na primeira colocação com 1.480 votos. Raimundinho obteve 1.347 votos. O terceiro lugar ficou com Liliane Araújo com 933 votos. O próximo presidente do diretório municipal, qualquer um dos dois que foram para o segundo turno, defende a candidatura da deputada federal Luizianne Lins, em 2020, para suceder Roberto Cláudio na Prefeitura de Fortaleza.

O PT é um dos poucos partidos do Brasil que realiza processo de eleição interna parta o comando de seus diretórios: municipal, estadual e nacional. O segundo turno das eleições do PT Fortaleza acontece no próximo dia 29 de setembro.

No último pleito realizado na Capital, após uma disputa intensa, o então vereador Acrísio Sena e o ex-vereador Deodato Ramalho dividiram o mandato, em razão de terem obtido praticamente a mesma quantidade de votos no segundo turno, sendo um ano de gestão para cada um deles.

O próximo presidente da legenda em Fortaleza terá como meta organizar o partido para as eleições municipais do próximo ano, quando a disputa não terá coligação proporcional. O PT pretende lançar, também, uma candidatura majoritária já que esta, por enquanto, é uma orientação da executiva nacional.

Primeiro colocado na disputa, o vereador Guilherme Sampaio destacou que o clima no pleito interno foi de tranquilidade, o que pode garantir um resultado estável de unidade. Apoiaram sua candidatura no primeiro turno Deodato Ramalho, Mario Mamede, Eudes Bayma, Ana Maria Fontenele, Martonio Mont’alverne, entre outras lideranças.

“Esperamos ampliar bastante agora”, disse ele. Segundo colocado na disputa, Raimundinho foi apoiado por Luizianne Lins e Elmano de Freitas.

O deputado Acrísio Sena afirmou que vai se articular com José Airton Cirilo e Professor Pinheiro para definir o melhor nome no segundo turno.

Atual presidente da municipal do PT em Fortaleza, Deodato Ramalho destacou que o clima não será de acirramento no segundo turno, podendo haver, inclusive, uma tentativa de unidade pelas lideranças do partido.

Ele destacou, ainda, que Guilherme Sampaio foi o único candidato que conseguiu juntar membros dos nove agrupamentos em torno de sua chapa.

Além do voto para a presidência municipal, os filiados fizeram a escolha das chapas municipais, estaduais, e nacional.

Chapas municipais:

Chapa 600 – 1364 votos,

chapa 630 – 206 votos,

chapa 650 – 534 votos,

chapa 670 – 123 votos,

chapa 680 631 votos,

chapa 690 – 905 votos;

Chapas Estaduais:

Resistir e vencer com Lula Livre – 1371 votos,

Unidade e luta contra o fascismo – 199 votos,

Partido para todas e todos – 502 votos,

Esquerda Popular e Socialista – 148 votos,

Lula Livre pelo Brasil e o Ceará – 639 votos,

Unidade pela democracia e Socialismo – 918 votos.

Chapas Nacionais:

Lula Livre: Resistência socialista! – 29 votos,

Diálogo e Ação Petista – 235 votos,

Em tempos de guerra, a esperança é vermelha – 194 votos,

Enfrentar O Retrocesso, defender a democracia e os direitos do povo – zero voto,

Lula Livre – Partido é para todos e todas – 575 votos,

Na luta, ruas e redes #Lula Livre – 02 votos,

Optei pelo Socialismo – Lula Livre – 225 votos,

Lula Livre para mudar o Brasil – 1.408 votos,

#Lula Livre! Fora Bolsonaro! Governo democrático e popular! – 1.123 votos.

 

Total de votos – 3.989

Um comentário sobre “Disputa para o comando do PT de Fortaleza, frusta petistas aliados do governador. O segundo turno é com aliados de Luizianne

Deixe uma resposta