Na Câmara Municipal, presidente do TRE cearense alerta para o cadastramento biométrico dos fortalezenses - Blog Edison Silva

Na Câmara Municipal, presidente do TRE cearense alerta para o cadastramento biométrico dos fortalezenses

Presidente do TRE-CE fala sobre cadastramento biométrico para eleições / Foto: Blog do Edison Silva

O Plenário da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) recebeu a visita do presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), desembargador Haroldo de Oliveira Máximo, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (15), para falar sobre o processo de cadastramento biométrico obrigatório, cujo prazo para regularização termina dia 29 de novembro. Sem o cadastro, o eleitor fortalezense não poderá votar nas eleições municipais de 2020.

O desembargador Haroldo agradeceu a iniciativa da Câmara, que atendeu ao requerimento de autoria do vereador Benigno Júnior (PSD). “Já é mais que provada a segurança das urnas eletrônicas nas eleições. Precisamos, agora, continuar investindo na segurança da identificação pessoal que antecede o voto”, enfatizou.

Também participou da visita a coordenadora de administração do cadastro eleitoral do Tribunal, Lorena Belo, que alertou para o engajamento dos eleitores ao cadastramento até o momento. Segundo ela, para que o TRE atinja a marca de 80% da demanda, será preciso uma média diária de atendimento de 3.720 pessoas.

“Estamos distantes do ideal, mas isso se deve por falta de comparecimento da população”, disse a coordenadora, que destacou ainda que outras atividades dependentes do título eleitoral são comprometidas, se o eleitor não regularizar a sua situação como receber salário ou benefícios sociais de entidades públicas, inscrição em concurso público, e requerer ou renovar passaporte.

Para fazer o cadastramento é importante que o cidadão agende através do site ou ligando para o número 148. Na ocasião, precisa levar um documento de identidade oficial com foto, comprovante de endereço atual, o último título de eleitor e o número do CPF. Os locais de atendimento podem ser consultados também através do site do TRE.

 

Deixe uma resposta