Augusta Brito é reempossada na Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia - Blog Edison Silva

Augusta Brito é reempossada na Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia

Deputada Augusta Brito ao lado do Presidente José Sarto. Foto: Assembleia Legislativa.

A deputada estadual Augusta Brito (PCdoB) foi reempossada, nesta sexta-feira (15), como procuradora especial da Mulher da Assembleia Legislativa, para o biênio 2019/2020. Na ocasião, a parlamentar entregou ao presidente da Casa, José Sarto (PDT), o relatório das atividades dos últimos dois anos.

“São tempos de muita incompreensão e de todos os tipos de violência, o que torna de grande relevância o trabalho que Augusta Brito e a Procuradoria da Mulher exercem”, disse Sarto. Além de Augusta, compõem a Procuradoria as deputadas Patrícia Aguiar (PSD), como primeira Procuradora Adjunta; Aderlânia Noronha (SD), como segunda Procuradora Adjunta; e Dra. Silvana (PR), como terceira procuradora Adjunta.

Augusta Brito afirmou, durante a posse, que manteria as ações exitosas da última gestão, como a Caravana de Combate à Violência Contra a Mulher. “Passamos por mais de 20 municípios, com público em torno de oito mil jovens, e pretendemos continuar com esse trabalho de esclarecimento e conscientização”, disse.

Novas propostas

A parlamentar destacou ainda a criação de uma Procuradoria da Mulher Itinerante, visando a visitar municípios verificando a organização de redes de enfrentamento e conscientizando as mulheres do interior do Ceará sobre seus direitos. Augusta ainda comemorou o anúncio do governador Camilo Santana (PT) sobre a Casa da Mulher Cearense ser levada para todas as regiões do Ceará.

Estiveram na cerimônia o senador Cid Gomes (PDT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), os deputados federais Eduardo Bismarck (PDT/CE), Leônidas Cristino (PDT/CE), e Mauro Filho (PDT/CE); os parlamentares estaduais Nezinho Farias (PDT), Nizo Costa (Patri), Julio César Filho (PPS), Jeová Mota (PDT), Evandro Leitão (PDT), Acrísio Sena (PT), Guilherme Landim (PDT), Romeu Aldigueri (PDT), Salmito (PDT), e Queiroz Filho (PDT).

Deixe uma resposta