Moro promete investigação para denúncias que envolvem o PSL, partido do Presidente Bolsonaro - Blog Edison Silva

Moro promete investigação para denúncias que envolvem o PSL, partido do Presidente Bolsonaro

O ministro da Justiça promete investigação em caso de candidaduras laranjas. Foto: Agência Brasil.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse, nesta quinta-feira (14), que as suspeitas de que, nas últimas eleições, o PSL, partido do Presidente Bolsonaro, teria repassado recursos eleitorais a candidatos “laranjas” vão ser investigadas. Segundo ele, a apuração foi determinada pelo presidente da República.

“O presidente Jair Bolsonaro proferiu uma determinação e ela está sendo cumprida. Os fatos vão ser apurados e, após as investigações, eventuais responsabilidades vão ser definidas”, disse o ministro após participar, em Brasília, de evento organizado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Segundo denúncia do jornal Folha de São Paulo, o PSL é suspeito de repassar recursos públicos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) a candidaturas de “laranjas” em Pernambuco. Na época, o presidente do partido era o atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebiano.

Em entrevista concedida à TV Record, Bolsonaro disse que apoia a investigação sobre filiados ao PSL, legenda do presidente, por suspeita de terem atuado de forma irregular e que se ficar provado envolvimento do ministro, ele “vai voltar ao seu lugar de origem”.

O presidente reiterou que é uma “minoria” dentro do partido que está sob suspeita e que a Polícia Federal foi encarregada de acompanhar o caso. “O partido tem de ter consciência. Não são todos, é uma minoria. Logo depois da minha eleição, eu dei carta branca para apurar qualquer tipo de crime de corrupção e lavagem de dinheiro”, disse.

Fonte: Agência Brasil.

Deixe uma resposta