Prefeito eleito de Juazeiro, Glêdson Bezerra espera resolver logo pendências com a Justiça Eleitoral - Blog Edison Silva

Prefeito eleito de Juazeiro, Glêdson Bezerra espera resolver logo pendências com a Justiça Eleitoral

Glêdson derrotou o prefeito Arnon Bezerra (PTB) que tentava a reeleição. Foto: Marcelo Bloc/Blog do Edison Silva.

Quatro dias após vencer a eleição em Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos) esteve nesta quinta-feira (19) em Fortaleza para ficar a par das questões jurídicas que ainda colocam sua vitória sub judice e aproveitou para visitar a Assembleia Legislativa do Ceará, onde conversou com o Blog do Edison Silva.

O prefeito eleito espera resolver o quanto antes a questão jurídica, para poder pensar na gestão municipal. Glêdson mostra-se confiante de que superará brevemente o assunto. “Eu acredito que isso é questão de tempo. Até porque a decisão monocrática não teria força para reformar uma decisão de primeira instância, mas aconteceu. O Ministério Público inclusive já emitiu o seu novo parecer, no sentido de anular essa decisão, por questões óbvias. Portanto, o nosso direito é bom, é cristalino. Nós seguimos o mesmo rito que foi feito em outras quatro vezes em que eu fui candidato e não teve problema nenhum. Então, eu acredito que, por tudo posto, a justiça vai ser reestabelecida e nós vamos poder colocar a cabeça apenas para trabalhar a transição e cuidar do nosso governo”, explicou, acrescentando que acredita que deverá haver uma resolução do caso até a próxima semana.

Dificuldades

Glêdson lembrou que a vitória em Juazeiro do Norte veio mesmo com as intempéries surgidas na reta final da campanha, como a notícia do indeferimento da candidatura há três dias da eleição, além de uma pesquisa, às vésperas do pleito, apontando que ele estava 12 pontos atrás do prefeito Arnon Bezerra (PTB), que tentava a reeleição. “O resultado das urnas mostrou que a gente estava dois pontos na frente, dois dias depois. Isso não é uma margem de erro, isso daí é, no mínimo, uma incompetência”, explicou. “Tudo isso bagunça a cabeça do eleitorado. Mas, apesar de todas essas adversidades, o povo de Juazeiro do Norte já queria, desde a pré-campanha, uma renovação, uma mudança”, relembrou.

Prioridades

Glêdson Bezerra admite que assumirá o cargo em um momento de profunda instabilidade, devido ao prognóstico de queda na arrecadação, devido à pandemia e, por tudo isso, terá que ter autoridade e transparência para conquistar a população. “Temos que dar o exemplo. E a gente só pode dar o exemplo através da transparência 100%, economia e eficiência na aplicação dos recursos”, acrescentou.

Enxugar a máquina

Bezerra explicou que as primeiras medidas no governo municipal de Juazeiro serão no sentido de enxugar a máquina para fazer dinheiro em caixa. “Nossas primeiras medidas serão moralizadoras, medidas no sentido de diminuir valores de contratos superestimados, anular outros contratos desnecessários, enfim, enxugar a máquina, economizar o dinheiro público para que, uma vez com o dinheiro em caixa, possamos investir na saúde do município que está praticamente na UTI”, concluiu.

Deixe uma resposta