Aliados compartilham manifestação de Camilo sobre participação do Capitão Wagner em ‘manifestações com encapuzados’ - Blog Edison Silva

Aliados compartilham manifestação de Camilo sobre participação do Capitão Wagner em ‘manifestações com encapuzados’

Imagem: Reprodução.

O governador Camilo Santana (PT) partiu para o ataque contra o principal candidato de oposição em Fortaleza, Capitão Wagner (PROS). Nesta quarta-feira (14) Camilo escreveu que, diferentemente do que afirmou ‘Capitão Wagner participou ativamente de manifestações com encapuzados’.

O chefe do Poder Executivo disse ter lido matéria em que o candidato do PROS disse não ter apoiado o motim dos policiais militares neste ano. “Não é verdade. Tanto liderou o motim de 2011 como teve participação direta nesse último motim, que teve clara motivação política para desorganizar a segurança do Ceará”, disse o governador, afirmando ainda que Wagner defendeu a anistia dos envolvidos.

“Por fim defendeu abertamente anistia para quem praticou esses crimes, o que jamais aceitei. Foi um dos atos mais covardes já praticados contra a população por uma minoria de policiais que não representavam a grande maioria da tropa, formada por policiais corretos e dedicados. A população precisa saber da verdade”, concluiu.

Em meio às disputas de PT e PDT pela apoio durante o primeiro turno, Camilo Santana parte para o ataque contra o principal opositor às candidaturas de Luizianne Lins (PT) e José Sarto Nogueira (PDT). Capitão Wagner lidera as pesquisas de opinião até o momento.

Confira na íntegra o que postou Camilo Santana nas redes sociais:

“Vi no DN entrevista do Capitão Wagner dizendo não ter apoiado o motim deste ano, que aterrorizou o Ceará. Não é verdade. Tanto liderou o motim de 2011 como teve participação direta nesse último motim, que teve clara motivação política para desorganizar a segurança do Ceará. Capitão Wagner participou ativamente de manifestações com encapuzados, discursou no Batalhão dos amotinados e teve seus aliados na linha de frente, todos integrantes de seu grupo político e candidatos ao seu lado. As notícias e imagens estão aí para quem quiser ver. Por fim defendeu abertamente anistia para quem praticou esses crimes, o que jamais aceitei. Foi um dos atos mais covardes já praticados contra a população por uma minoria de policiais que não representavam a grande maioria da tropa, formada por policiais corretos e dedicados. A população precisa saber da verdade.”

Tréplica

Minutos depois, Capitão Wagner respondeu no Twitter. Ele voltou a desejar boa recuperação ao governador, que está com Covid-19, e afirmou que não irá para o embate. Sobre o que afirmou Camilo, nem uma palavra.

Confira o que disse Capitão Wagner:

“Desejo ao Governador Camilo Santana o pronto restabelecimento da sua saúde! Nossa campanha tá linda e alegre. Não vou pra um embate que não foque as soluções para os problemas de Fortaleza. Dia 15 de Novembro pode votar 90 e confirmar”.

Roberto Cláudio e Sarto

Não apenas o governador Camilo tratou da temática para atacar Wagner. O prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o candidato da situação, José Sarto Nogueira (PDT) também aproveitaram as críticas do governador para bater no adversário.

No Facebook, Roberto Cláudio compartilhou a crítica de Camilo a Wagner e acrescentou que ‘tem candidato que em época de eleição faz de tudo para confundir o eleitor’.

“O povo de Fortaleza lembra bem: Capitão Wagner foi o comandante do motim que gerou muitas mortes e trouxe insegurança para toda a população de Fortaleza. A verdade, como corajosamente declarou o Governador Camilo Santana, é que Capitão Wagner esteve envolvido, sim, diretamente no movimento desse grupo de policiais. Ele chegou a discursar, inclusive, no batalhão dos amotinados encapuzados e tendo seus aliados na linha de frente. Tem candidato que em época de eleição faz de tudo para confundir o eleitor e a população não pode se deixar levar pelo oportunismo político de Capitão Wagner, que não se importou em colocar vidas em risco. Governador Camilo Santana tem todo o meio apoio e o meu respeito”, escreveu Roberto Cláudio.

Já José Sarto, também compartilhou a postagem de Camilo, acrescentando: “A verdade deve pautar o debate eleitoral. E o Governador Camilo Santana está ao lado da verdade. Estive com o Governador para resolver o motim causado, neste ano, por um grupo de policiais que, agindo contra a lei, abandonou a população, fez os índices de assaltos e assassinatos dispararem, causando insegurança e medo. E o Ceará e o Brasil todo acompanharam o drama da sociedade, covardemente ameaçada. As cenas estão em todos os meios de comunicação. É hora da verdade, de apresentar trajetórias e assumir responsabilidades. Para ser prefeito, é preciso ter franqueza e compromisso com o eleitor. O que está em jogo é o futuro da cidade, que precisa ser tratado com muita seriedade”.

O senador Cid Gomes (PDT) compartilhou a postagem de Camilo no Twitter, mas não acrescentou nenhum comentário.

Deixe uma resposta