Prefeitura de Fortaleza: Heitor Férrer relata dificuldades, mas acredita em apoio total do partido - Blog Edison Silva

Prefeitura de Fortaleza: Heitor Férrer relata dificuldades, mas acredita em apoio total do partido

Heitor Férrer (à direita), ao lado dos deputados Aderlânia e Genecias Noronha. Foto: Divulgação.

O deputado Heitor Férrer, pré-candidato a prefeito de Fortaleza pelo Solidariedade (SD), acredita que, por ser uma legenda pequena, terá muitas dificuldades em uma eventual disputa. No entanto, o parlamentar acredita que o pleito deste ano terá forte participação das redes sociais, o que para ele pode garantir melhor desempenho nas urnas.

Em 2012, quando disputou a Prefeitura de Fortaleza, Férrer ficou na terceira posição, atrás de Roberto Cláudio (que foi eleito), e Elmano de Freitas, do PT. Quatro anos depois, em 2016, o parlamentar amargou a quarta posição, atrás de Roberto Cláudio (reeleito), Capitão Wagner (PROS) e Luizianne Lins (PT).

De acordo com ele, o partido deu garantia total de apoio à sua eventual candidatura, ainda que a legenda tenha poucos recursos para investir no pleito da Capital cearense. No início do ano, Férrer afirmou que se reuniu com o presidente nacional da sigla, Paulinho da Força, que teria se comprometido com sua postulação.

“O Genecias (principal liderança do partido no Estado) não é 100%, é 1000% favorável à minha candidatura. Não tem duas conversas. Coisa rara na política”, disse Férrer. No entanto, informações dão conta de que o Solidariedade não está tão confiante em uma candidatura própria em Fortaleza, podendo optar por postulações mais consolidadas.

Quanto as dificuldades de uma eventual candidatura do Solidariedade na Capital cearense, Férrer concorda que esta teria muitas dificuldades. “Vamos ter dificuldades, sim. O partido é pequeno, não tem um corpo de candidatos à Câmara Municipal forte, mas vamos partir para uma campanha muito virtualizada”, disse.

“Janela Partidária”

O Solidariedade possui apenas um vereador na Câmara Municipal de Fortaleza, Odécio Carneiro. Sobre as candidaturas para a Casa Legislativa, Férrer afirmou que estas também não serão expressivas. “Só quando juntar os cacos no período da convenção é que saberemos quem é que vai ser o candidato”. Após a “janela partidária”, realizada de março ao dia 4 abril deste no, o partido conseguiu a filiação total de apenas 349 pessoas na Capital cearense.

Um comentário sobre “Prefeitura de Fortaleza: Heitor Férrer relata dificuldades, mas acredita em apoio total do partido

Deixe uma resposta