Deputado desdenha da comissão criada para investigar construção de rodovias estaduais cearenses - Blog Edison Silva

Deputado desdenha da comissão criada para investigar construção de rodovias estaduais cearenses

Heitor Férrer denunciou as más condições da CE-010, entregue há pouco mais de 1 ano. Foto: ALECE

O deputado Heitor Férrer (SD) propôs, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (13), a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as condições em que são executadas as obras das estradas cearenses. O parlamentar questiona a pouca durabilidade das vias mesmo com os altos custos de investimento das obras.

O parlamentar repercutiu a informação de que o governo do Estado irá fazer uma sindicância para investigar a construção da CE-010, entregue há pouco mais de um ano. A obra, como denunciou o próprio deputado, já apresenta diversos pontos com muitos buracos. “Faz vergonha o Governo dizer que pagou R$ 119 milhões e a estrada não presta. Agora resolve fazer a comissão de sindicância, que vai detectar o que já está posto: estrada mal feita. O governo tem que fazer esse serviço antes de receber as estradas. O governador agora vai gastar R$ 290 milhões em recuperação de estrada, muitas delas há pouco tempo construídas. Por isso, vou propor uma CPI para investigar as estradas do Ceará”, defendeu.

Heitor questionou a competência da Superintendência de Obras Públicas. “É mais uma enganação do Governo do Estado para com o povo cearense, enquanto deixa, mais uma vez, de fazer o dever de casa e entregar obras de qualidade para a população”, criticou.

Certeza de insucesso

Questionado se conseguiria instalar uma CPI na Casa para investigar tais fatos, já que o pelo menos 38 dos 46 deputados fazem parte da base do governador Camilo Santana, Heitor admitiu que não há a menor possibilidade de essa CPI sair do papel. “Mas você, de qualquer forma, diz que parte do Parlamento teve interesse em investigar”, disse o deputado ao blog.

Em defesa do governo

O deputado Julio César Filho (Cidadania), líder do Governo na Assembleia, considerou que a obra na CE-010 teve problemas que a fizeram ter um custo mais elevado do que o normal. “Houve muitas desapropriações nos trechos citados, e sem falar que a própria técnica para a realização da obra não é nada simples”, informou. O valor da obra de recuperação de estradas, ainda de acordo com o deputado Júlio César, também se justifica. Ele salientou que “estrada nenhuma aguenta uma quadra chuvosa como a que o Ceará teve em 2019”, e por isso o Estado hoje é obrigado a recuperar muitos pontos. Finalizando o pronunciamento, Heitor Férrer rebateu a liderança do governo dizendo que “chuva estraga estrada mal feita”.

Deixe uma resposta