Temer abre caminho para retomada abertura comercial no próximo governo - Blog Edison Silva

Temer abre caminho para retomada abertura comercial no próximo governo

O presidente Michel Temer espera retomada da abertura comercial e tarifa de importação de bens de capital pode cair de 14% par 4% até 2022. A Câmara de Comércio Exterior (Camex) já aprovou redução das alíquotas, mas palavra ficará para o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.

O governo Michel Temer (MDB) decidiu, no apagar das luzes de 2019, retomar o processo de abertura comercial, iniciado na gestão do ex-presidente Fernando Collor (PTC) e interrompido ainda na década de 1990.

A  Camex aprovou a redução gradual das alíquotas das tarifas de importação de bens de capital, informática e telecomunicações e, em um perído de quatro anos, a alíquota média deve cair dos atuais 14% para 4%, percentual praticado por países membros da Organização para Cooperação de Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Para ir adiante, a medida terá de contar ainda com a boa vontade do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, que comandará a próxima reunião da Camex, quando a redução poderá ser referendada. O economista já declarou que terá como política a abertura gradual das importações, que deverá baratear a compra de máquinas e equipamentos importados, barateando a modernização das fábricas e aumentando a produtividade.
Apesar da expectativa de benefício para as industrias, os setores atingidos pela medida pressionam o Palácio do Planalto para barrar seu avanço. “Não somos contra uma abertura maior da economia brasileira, mas antes é preciso corrigir as assimetrias competitivas”, afirmou o presidente do Instituto Aço brasil, Marco Polo Mello Lopes, fazendo referência à carga tributária “estratosférica”, aos juros elevados e ao alto preço da energia no país.

Com informações do Jornal O Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta