Petista defende unidade interna e proximidade com governador para eleger cinco vereadores e o prefeito da Capital - Blog Edison Silva

Petista defende unidade interna e proximidade com governador para eleger cinco vereadores e o prefeito da Capital

Guilherme defende o fortalecimento das bases do PT em Fortaleza e dos chamados núcleos espontâneos do movimento Lula Livre. Foto: Divulgação.

Recém escolhido presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de Fortaleza, o vereador Guilherme Sampaio tem pela frente uma tarefa um tanto difícil. O dirigente espera, a partir de janeiro, fortalecer as bases da legenda na Capital com o intuito de eleger até cinco nomes para a Câmara Municipal, bem como o próximo prefeito da Capital cearense.

A questão é que ele não sabe, ainda, como fazer isso sem o apoio do governador do Estado, o petista Camilo Santana, que por motivos de ampla aliança, deve participar o menos possível do pleito eleitoral de 2020 em diversos municípios, sendo que em Fortaleza os governistas ligados ao grupo dos irmãos Ciro e Cid Gomes esperam o governador no palanque do candidato do PDT à sucessão do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Guilherme afirmou, em entrevista ao Blog do Edison Silva, que Luizianne Lins segue sendo o principal nome para a disputa nas eleições do próximo ano em Fortaleza. Acompanhe o diálogo com o presidente eleito do PT.

Blog do Edison Silva – Como você avalia o resultado da eleição interna do PT de Fortaleza? Depois de não haver segundo turno, a unidade reinou no partido?

Guilherme SampaioA desistência do companheiro Raimundo Ângelo foi um gesto importante que adianta o movimento de unidade que conduziríamos após o PED, com vistas ao fortalecimento do partido para a resistência aos retrocessos e a disputa de 2020.

Blog do Edison Silva – Como ficará a composição da executiva a partir de 2020? Como os grupos internos se saíram na composição?

Guilherme SampaioA composição da executiva é definida pelo diretório eleito, após a posse, em janeiro. Pretendo propor ao diretório, uma vez que discuti isso com as forças que compuseram as duas chapas que disputaram comigo, o nome da companheira Liliane para vice-presidente.

Blog do Edison Silva – Como ficaram as representações dos delegados para a disputa da estadual e da federal?

Guilherme SampaioO PED já deliberou sobre a chapa de delegados estaduais e nacionais.

Blog do Edison Silva – O grupo da deputada federal Luizianne Lins saiu vitorioso. Isso é uma maior garantia do nome dela para a disputa à Prefeitura de Fortaleza em 2020? Você é defensor desta tese ou acredita que deva ter uma disputa (ou escolha) interna?

Guilherme SampaioA tese da candidatura própria foi consensual em nosso debate interno e ela naturalmente é o nome de maior expressão eleitoral do PT em Fortaleza, entre os que são lembrados para 2020. Nossa tarefa agora é conduzir um diagnóstico amplo e participativo da cidade, que será a base de nosso programa. Depois disso, no momento oportuno, ouvindo a ex-prefeita e as lideranças partidárias, nossas bancadas e o governador, que venceu as eleições no primeiro turno com votação expressiva na Capital, trabalharão para que o partido apresente um nome de unidade.

Liliane Araújo, que ficou no terceiro lugar da disputa interna, deve ser a vice-presidente do PT em Fortaleza. Foto: Divulgação.

Blog do Edison Silva – Quais devem ser suas principais metas neste primeiro ano de mandato, que é ano de eleições municipais?

Guilherme  Sampaio – Conduzir um amplo diálogo com o povo de Fortaleza e com aqueles que se dedicam a pensar a cidade em suas diversas dimensões, para atualizar nosso programa e subsidiar a candidatura própria do partido em 2020. Dar sequência à preparação de uma chapa forte de vereadores visando eleger uma bancada de cinco parlamentares. Articular e fortalecer com partidos e movimentos de esquerda as frentes de resistência aos retrocessos do Governo Bolsonaro. Implementar o programa PT nas bases, que consiste em encontros semanais com filiados em núcleos de base por toda a cidade. Ampliar e fortalecer a campanha pela liberdade de Lula, criando comitês espontâneos nos bairros. Implementar um programa de formação permanente de nossos filiados.

Blog do Edison Silva – Quem são os nomes hoje já colocados no PT para a disputa proporcional?

Guilherme SampaioTemos mais de 40 nomes em formação, além dos que atualmente integram a bancada. Esperamos ampliar significativamente a votação do PT, até porque o povo agora que está compreendendo o golpe que se praticou contra o partido, a democracia, e o direito à liberdade de Lula. Isso sem dúvida se traduzirá nas urnas.

Blog do Edison Silva – Você já conversou com o governador do Estado após o resultado? Acredita que ele vá participar do processo eleitoral ao lado do candidato do PT ou essa possibilidade é mais remota?

Guilherme SampaioAinda não conversei com o governador Camilo, mas recebi seu telefonema me parabenizando pelo resultado. Compreendo que ele lidera um governo de coalizão do qual somos parte, e que é apoiado por diferentes partidos que têm seus próprios projetos eleitorais, o que respeitamos. Camilo é a maior liderança política do Estado, teve 70% dos votos em Fortaleza e espero, no momento oportuno, dialogar com ele sobre os projetos do PT na Capital.

Um comentário sobre “Petista defende unidade interna e proximidade com governador para eleger cinco vereadores e o prefeito da Capital

Deixe uma resposta