China, onde o comunismo é inteligente - Blog Edison Silva

China, onde o comunismo é inteligente

China, onde o comunismo é inteligente. Por A. Capibaribe Neto – Especial para o Blog do Edison Silva.

O tema China já foi abordado aqui, neste espaço especial, mas as informações, curiosidades, aspectos culturais e um mundo de surpresas que antes estavam guardados “dentro da Grande Muralha”, estão escancarados para o mundo dos turistas curiosos, sempre à procura de horizontes exóticos.

Viajar para a China sozinho é uma aventura pesada, a começar pela barreira do idioma porque lá ainda são bem poucos os que falam inglês e você, ocidental, de olhos abertos, é que é a atração para ele, pelo rosto, formato da cabeça, dos olhos e da confusão que faz para se comunicar com eles.

Como disse na outra vez, essa história de comunismo tem uma outra abordagem, digamos assim, para os olhos e a percepção do visitante originário do país do samba, do carnaval, dos 7×1 e do Neymar (pobre Neymar, esse menino rico!) A China é seus agregados; as colônias, riem do mundo de olhos abertos e visão curta. Ainda somos o país cujo povo alardeia a exigência de multa para que ele mesmo cumpra regras básicas de respeito pela segurança de suas crianças. Contanto isso para os chineses seríamos motivo para eles fecharem mais os olhos em um riso de deboche.

Quem duvidar das imagens de Beijing e arredores e mais adiante, de Hong Kong, Shangai e Macau, basta pagar duzentos e poucos dólares pelo visto de 90 dias e uma passagem financiada em dez vezes, enfrentar mais de quarenta horas de viagem, entre embarques, desembarques, voos longos, esperas demoradas nos aeroportos de escalas e ver, finalmente, os lugares deslumbrantes que de comunistas só tem mesmo um regime de fachada movido a muitos dólares…

Texto e Fotos: A.Capibaribe Neto

Deixe uma resposta