Vereadores de Fortaleza lançam manifesto em apoio a Ciro Gomes e contra ação do Ministério da Justiça - Blog Edison Silva

Vereadores de Fortaleza lançam manifesto em apoio a Ciro Gomes e contra ação do Ministério da Justiça

A carta foi assinada pelo presidente da Câmara, Antônio Henrique, e mais 24 aliados. Foto: CMFor.

Ao menos 25 vereadores de Fortaleza assinaram manifesto em apoio ao ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, e contra as ações do Governo Federal, que segundo eles, têm “o objetivo de intimidar adversários políticos”.

De acordo com a nota, atos como esse devem ser confrontados, uma vez que “ferem a Constituição Federal, fragilizam a democracia brasileira e colocam em risco uma série de avanços conquistados a partir da Carta Magna de 1988”.

O manifesto foi publicado pelos parlamentares da Capital cearense uma semana após o Ministério da Justiça ter solicitado à Polícia Federal a abertura de inquérito contra Ciro Gomes para apurar suposto crime contra honra do presidente Jair Bolsonaro. Veja a seguir o que diz a carta aberta publicada pelos vereadores de Fortaleza:

“A tentativa de usar a Polícia Federal para investigar o ex-governador Ciro Gomes por suas críticas ao presidente da República é uma evidência de que o Governo Federal tem utilizado as instituições públicas de forma antidemocrática, com o objetivo de intimidar adversários políticos.

Atos como esse devem ser duramente confrontados, porque ferem a Constituição Federal, fragilizam a democracia brasileira e colocam em risco uma série de avanços conquistados a partir da Carta Magna de 1988.

A livre manifestação do pensamento e o exercício da crítica são direitos de todos os cidadãos, garantidos constitucionalmente, e não podem ser violados sob nenhuma hipótese, ainda mais por quem mais tem obrigação de zelar pelo cumprimento das leis. As tentativas de cerceamento desses direitos têm viés autoritário e devem ser severamente repudiadas pela sociedade, pelo risco eminente que representam para a própria democracia.

Este grupo de vereadores de Fortaleza se solidariza ao ex-governador Ciro Gomes, alvo dessa estranha manobra política, assim como a todos aqueles que se opõem legitimamente ao atual Governo Federal e estão passando por ameaças e intimidações semelhantes. Assim como qualquer cidadão, o ex-governador deve ter preservado o direito de emitir avaliação sobre as decisões políticas do presidente da República e denunciar ações que não favoreçam o bem comum, sobretudo no contexto de crise sanitária ocasionada pela Covid-19.

A oposição faz parte da democracia e o respeito a ela demonstra a grandeza de um representante político. Aos governantes, cabe a humildade de reconhecer eventuais falhas e buscar soluções para o grave problema que estamos enfrentando neste período. O momento exige compromisso com a preservação da vida dos brasileiros e não há espaço para atitudes arbitrárias de intimidação e silenciamento daqueles que observam consternados o descaso com o qual vem sendo tratada a gestão da pandemia no País.

Antônio Henrique – Presidente da Câmara Municipal de Fortaleza
Vereador Júlio Brizzi – Líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza
Vereadora Kátia Rodrigues – Cidadania
Vereador Eudes Bringel – PSB
Vereador Léo Couto – Presidente Municipal do PSB
Vereador Dr. Elpidio – PDT
Vereador Ppcell – PSD
Vereador Lúcio Bruno- Vice Líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza
Vereadora Ana Aracapé- PL
Professor Enilson- líder do Cidadania na Câmara Municipal de Fortaleza.
Vereador Dr. Luciano Girão – PP
Vereador Raimundo Filho – PDT
Vereador Emanuel Acrizio, Líder do PP na Câmara Municipal de Fortaleza
Vereador Adail Junior – PDT 1º Vice Presidente da CMFOR
Vereador Gardel Rolim – PDT
Vereadora Estrela Barros – Partido Rede.
Vereador Cônsul do Povo Erivaldo Xavier – PSC
Vereador Carlos Mesquita – PDT
Vereador Fábio Rubens – PSB
Vereador Renan Colares – PDT
Vereador Paulo Martins – PDT
Vereadora Enfermeira Ana Paula – PDT
Vereadora Claudia Gomes-DEM
Vereadora Tia Francisca – PL
Vereador José Freire – PSD.

Deixe uma resposta