Ex-aliado de Capitão Wagner, Wagner Lobo tem atuado como defensor da gestão Sarto e crítico do Governo Elmano. Foto: CMFor

Policial aposentado e ex-aliado de Capitão Wagner (União), o vereador Wagner Lobo (Mobiliza) tem mesclado seus pronunciamentos na tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza em elogios à gestão Sarto e críticas ao Governo do Estado. Diante do caso recente de uma chacina que vitimou sete pessoas no Município de Viçosa do Ceará, o parlamentar teceu duras críticas à gestão do governador Elmano de Freitas.

Segundo ele, o Estado perdeu o controle da Segurança Pública, visto a falta de preparo do governador para a função. “Quem é do partido deveria fazer uma autocrítica. Estamos em um Estado totalmente dominado por facções. Sou policial há 26 anos e convivo com isso. E eu nunca estive diante de um governador tão rum, tão despreparado, tão frouxo quanto o Elmano de Freitas”, disparou.

Segundo ele, no Ceará existem facções importadas de outros estados, outras genuinamente cearenses e até aquelas que são junção de outras organizações criminosas. Conforme disse, há indícios de envolvimento desses grupos em prefeituras municipais, lembrando falas recentes do prefeito de Santana do Acaraú, Francisco das Chagas Mendes, o “Meu Deus”, que revelou em entrevista à rádio local que trabalha com pessoas ligadas às facções criminosas CV e PCC.

“O Elmano n]não é só frouxo, é ruim e incapacitado. O crime organizado é presente no Estado do Ceará e aqui fez morada e pretende se expandir”, apontou. Ele, porém, colocou a culpa da situação de violência no Estado na conta do ministro da Educação Camilo Santana, ex-governador do Ceará e padrinho político do atual chefe do Poder Estadual.

“O Elmano foi escolhido para ser o governador pelo Camilo, que é medíocre na Educação, mas é apadrinhado do presidente e não tem muito o que se fazer. Ele é raso, como a Izolda Cela quando se trata do assunto educação”, disse. “Temos um cara despreparado indicado por um cara que teve uma boa popularidade, que foi o Camilo”, atacou.

Educação

De acordo com Wagner, Camilo Santana também é culpado pela situação atual da Segurança Pública no Ceará. “O Camilo tinha ‘n’ pessoas para escolher como candidato e colocou o pior que tinha. Pense num cara da mão ruim. Elmano foi o quarto colocado na disputa em Caucaia, de tão ruim que é. O período em que ele esteve como secretário de Educação foi o que mais teve greve de professor”.

“Elmano é o mais despreparado, o mais fraco. De 26 anos que tenho de serviço público, esse é, sem dúvida, o pior governador. O mais fraco, o mais despreparado que vi em minha vida toda. A gente vai viver mais 100 nos para ver um governador tão despreparado como esse senhor”, disparou.