De acordo com Jairo Pequeno Neto, o Ministério Público vem realizando um trabalho de fiscalização para que não haja desigualdade no pleito. Foto: MPCE

O Ministério Público, por meio da Promotoria da 33ª Zona Eleitoral, ingressou com representações contra três pré-candidatos à Prefeitura de Canindé por suposta propaganda eleitoral antecipada. Os representados são os vereadores Francisco Jardel Sousa Pinho e Maria Sandra da Silva Cordeiro, além do ex-secretário municipal José Kledeon Viana Paulino.

O MP Eleitoral narra que, no dia 09 de fevereiro de 2024, o vereador Francisco Jardel Sousa Pinho utilizou a estrutura da Câmara Municipal de Canindé para lançar a pré-candidatura dele à Prefeitura. Ele anunciou isso no púlpito da Casa Legislativa, inclusive usando o aparato de transmissão da sessão. Essa gravação do ato foi veiculada em vídeos postados na rede social dele. Para a Promotoria, o pré-candidato usurpou as atribuições para além dos debates legislativos e anunciou oficialmente a pré-candidatura, em tom eleitoral persuasivo e apelativo. Além disso, no púlpito, ele discursou para a população de Canindé, com tom de propaganda negativa em relação à atual gestão municipal, expondo suposto esquema direcionado à arrecadação de recursos ilícitos a serem empregados em campanha eleitoral.

Da mesma forma a vereadora Maria Sandra da Silva Cordeiro aproveitou a estrutura da Câmara para lançar a pré-candidatura, conforme a representação do MP Eleitoral. O ato aconteceu no dia 23 de fevereiro de 2024 no púlpito da Câmara dos Vereadores de Canindé. Ela também utilizou o aparato de transmissão da sessão, já que publicou o vídeo do ato nas redes sociais dela. Além disso, no dia 3 de maio de 2024, a parlamentar tornou a se manifestar sobre a pré-candidatura dela durante sessão na Casa Legislativa. Outro ponto apresentado pela Promotoria foram as publicações em vídeos e fotos na rede social da representada com a frase “JuntosSomosMaisFortes”. A expressão sugere uma união em torno da pré-candidata, implicando que a coletividade alcançará maiores benefícios e conquistas caso ela seja eleita.

Por fim, o pré-candidato José Kledeon Viana Paulino vem utilizando as redes sociais para postar diversos conteúdos utilizando o slogan “Canindé do Lado Certo”, em associação à imagem dele como secretário da atual gestão municipal. Nas postagens, ele fala expressamente sobre diversas obras realizadas enquanto secretário, afirmando que o trabalho não acabou. Em uma das postagens, o pré-candidato chega a aparecer ao lado da imagem da atual prefeita, Rozário Ximenes, com o slogan “Canindé do Lado Certo”. Para o MP do Ceará, essa linguagem evidencia a intenção do pré-candidato em associar ações administrativas realizadas durante a gestão da atual prefeita, em que atuou como secretário, à imagem pessoal. Isso sugere uma narrativa de continuidade e progresso, buscando fortalecer a candidatura dele, associada à imagem da atual gestão. Além disso, a expressão “lado certo” implica diretamente que há um “lado errado”, induzindo o eleitor a acreditar que a escolha correta é votar no pré-candidato.

De acordo com o promotor eleitoral Jairo Pequeno Neto, o Ministério Público, por meio da Promotoria da 33ª Zona Eleitoral, vem realizando um trabalho de fiscalização para que não haja desigualdade no pleito.

Fonte: Site do MPCE