Roberto Claudio, Ciro Gomes e Domingos Filho. Foto: Reprodução

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) oficializou, na manhã deste domingo (24), a candidatura de Roberto Cláudio ao Governo do Ceará, confirmando, na ocasião, o nome de Domingos Filho, presidente estadual do PSD, como o candidato a vice-governador.

A convenção do PSD, em Tauá, terra natal de Domingos, no início da noite deste domingo, homologou o nome de Domingos para vice-governador e a coligação com o PDT. O presidente estadual do PDT, deputado André Figueiredo anunciou que o nome do candidato a senador será indicado posteriormente, assim como a chapa de candidatos a deputado, estadual e federal.

A convenção do PDT, no Ginásio Farias Brito, no Centro de Fortaleza, foi prestigiada pela direção nacional do partido, representada por Carlos Lupi, presidente do partido, por dirigentes estaduais de agremiações partidárias aliadas ao PDT, deputados) (inclusive os que apoiavam Izolda),  prefeitos e vereadores de vários municípios. A governadora Izolda Cela e o senador Cid Gomes não compareceram, mas foram saudados por vários oradores, a partir dos candidatos a governador e vice-governador, Da família Ferreira Gomes participaram  Ciro, candidato a presidente da República, Lia Gomes, candidata a deputado estadual e Lúcio Gomes, secretário do Governo Izolda Cela.

Estado moderno e inovador

Em seu discurso, Roberto Cláudio ressaltou a importância da união de esforços em defesa do desenvolvimento do Ceará, que deverá ser pautado por novas e mais expressivas conquistas a favor do povo cearense, e prometeu, se eleito, fazer com que o Ceará seja um Estado “moderno e inovador”, melhorando ainda mais a sua Educação, a estrutura de Saúde e atenção especial à Segurança, por sinal uma das áreas que mais preocupa o povo cearense, reconheceu, corroborando com o discurso de Ciro Gomes.

“Nossa tarefa será unir a nossa gente, trabalhar com alegria, harmonia, respeito, tolerância, diálogo e espírito verdadeiramente democrático. O objetivo é promover progresso, crescimento, dignidade, redução de desigualdades e criação de novas vocações econômicas”, discursou.

Ex-prefeito de Fortaleza por dois mandatos, Roberto Cláudio acumula bons resultados à frente da Capital cearense em todas as esferas da administração pública, incluindo saúde, educação, infraestrutura e mobilidade. Nesse sentido, a experiência adquirida deverá fortalecer a consolidação de políticas promissoras em âmbito estadual.

“Precisamos de um plano sustentável para honrar as conquistas do passado, valorizar o presente e nos comprometer com os avanços do futuro. O Ceará precisa de muito mais. Deve-se buscar, com competência, soluções para os problemas que ainda persistem. Quero fazer deste Estado o mais moderno e inovador do Brasil. E que essa modernidade possa ser traduzida em oportunidades para quem mais precisa”, garantiu.

Espírito público

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, discursou a favor da unidade. “É preciso pensar mais no povo do que nas próprias vaidades. Depois de governar o Ceará, minha tarefa passou a ser preparar uma geração decente, com espírito público. Roberto Cláudio superou todas as expectativas, executou a melhor gestão que Fortaleza já viu, transformou a educação, melhorou vários indicadores e pode fazer mais e melhor pelo nosso povo e pelo nosso Estado”, disse.

Luta contra o retrocesso

Ao anunciar o nome de Domingos Filho (PSD) como candidato a vice-governador, o presidente estadual do PDT, André Figueiredo, enfatizou que a composição estabelecida representa a luta contra o retrocesso. “Cada um será imprescindível para eleger Roberto Cláudio. Ele é o governador de quem o Ceará precisa. Dessa forma, seremos, cada vez mais, exemplo para o Brasil”, apontou.

Princípios democráticos

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, citou a necessidade de se aprimorar os patamares referenciais ocupados pelo Ceará em âmbito nacional.

“O Ceará é referência em educação de qualidade, em obras sociais e no equilíbrio financeiro. Por isso, há 16 anos, um grupo político testado e aprovado pelo povo deve continuar”, pontuou.

Lupi ressaltou, ainda, que a decisão do diretório estadual pela candidatura de Roberto Cláudio foi pautado por diversos debates, respeitou os princípios democráticos e considerou a experiência em gestão.

Busca pelo consenso 

O vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista (PSB), enalteceu a valorização do conhecimento, da técnica e da busca permanente pela produção de consensos. “Forças reacionárias estão ameaçando a democracia. Este momento é para fortalecer as instituições. A gente precisa se unir. Os adversários são outros”, lembrou.

Com informações da assessoria da campanha.