Em vídeo veiculado na TV local, sindicato pressiona vereadores a votarem contra Reforma da Previdência de Fortaleza - Blog Edison Silva

Em vídeo veiculado na TV local, sindicato pressiona vereadores a votarem contra Reforma da Previdência de Fortaleza

Presidente do Sindiute disse que professores ficaram doentes da Covid-19 após manifestação na Câmara. Foto: Divulgação.

Depois de estudarem a minuta da proposta de Reforma da Previdência de Fortaleza, os sindicatos resolveram pressionar os vereadores a votarem contra a matéria, que deve ser encaminhada pelo prefeito Sarto nas próximas semanas para a Câmara Municipal.

De acordo com uma peça publicitária veiculada na TV local, as centrais sindicais acusam a Prefeitura de querer que os servidores “morram trabalhando”.

“Atenção vereadores e vereadoras. Enquanto os servidores salvam vidas, educam, cuidam da cidade, do trânsito, da segurança e da limpeza, a Prefeitura quer que eles morram trabalhando. Quer retirar direitos até dos aposentados. Quem bate no servidor, maltrata a cidade inteira. Mostre que o seu lado é o da justiça. Não vote nas propostas da Prefeitura”, diz a peça.

De acordo com a presidente do Sindiute, Ana Cristina, ainda não há diálogo sobre a Reforma da Previdência do prefeito Sarto. Ela ressalta que somente 13 municípios adotaram a proposta do Governo Federal. Outro ponto destacado seria a falta de transparência nas contas do Instituto da Previdência do Município de Fortaleza, que estaria com déficit de R$ 403 milhões.

“É um Governo ruim, sem articulação política. Votaram contra a reforma do Bolsonaro e agora tem uma reforma da previdência igual. A gente considera que os vereadores devem votar contra essa medida”, defendeu. Ainda segundo a dirigente sindical, alguns professores que foram às manifestações contra o projeto de Emenda à Lei Orgânica, em tramitação na Câmara Municipal, estão infectados com o coronavírus.

“A situação é complicada. O pessoal da saúde está trabalhando e não sabe nem se os filhos terão direito a pensão caso eles morram”, lamentou.

Na semana passada, o líder do Governo na Câmara, o vereador Gardel Rolim (PDT), se comprometeu em dialogar com os quatro componentes da mesa de negociações, o Sindiute, Sindifort, Frende Sindical e União Sindical.

Veja a seguir a peça publicitária veiculada pelo Sindiute:

Um comentário sobre “Em vídeo veiculado na TV local, sindicato pressiona vereadores a votarem contra Reforma da Previdência de Fortaleza

  1. Eu estou doente 🤧 estou isolada não sei se e corona mesmo assim me isolei ! Fui a manifestação na câmara vi as atrocidades da guarda municipal truculenta ! Sarto o seu governo e um desastre ! Mude o povo não esperava está covardia vindo de vc ! É lastimável vc mal entrou no seu governo e já usa da crueldade com o servidor público! É um segundo Bolsonaro ! Nós servidores estamos juntos ! Senhores vereadores não votem nesta proposta maldosa de Sarto ! Trabalhe a favor do servidor não merecemos retrocessos! Respeite o servidor que já ganha tão pouco e trabalha com afinco na saúde , na educação, no trânsito , na coleta do lixo , etc… seja humano faça o bem ! Retire os impostos destes que tem grandes fortunas e não pagam , nós pagamos impostos e trabalhamos pense nisso ! Reflitam vereadores vcs foram eleito pelo povo para nos defender. Agora chegou a vez de mostrar para nós que vc realmente representa o povo ! Cuidado vereador estamos de olho e confiamos em vc ! #Nao aReformadoSarto #digaNaoaReformaAdministrativa #opovoquerteabalharsossegado #comseusdireitosgarantidos

Deixe uma resposta