Centrais sindicais estudam minuta do projeto de Reforma da Previdência de Fortaleza e demonstram insatisfação com o texto - Blog Edison Silva

Centrais sindicais estudam minuta do projeto de Reforma da Previdência de Fortaleza e demonstram insatisfação com o texto

Servidores se reuniram com vereadores e entraram em acordo quanto à proposta de Emenda. Foto: CMFor.

A minuta do projeto de Lei Complementar que versa sobre a Reforma da Previdência dos servidores de Fortaleza já está nas mãos dos representantes sindicais do Município. O documento, com ao menos 54 artigos, e cheio de detalhes técnicos, tem chamado a atenção dos dirigentes, que se demonstraram, até então, insatisfeitos com a proposta enviada pelo prefeito Sarto.

O líder do Governo na Câmara Municipal de Fortaleza, o vereador Gardel Rolim (PDT), entregou o texto para os sindicalistas, como prometido em acordo, e afirmou que a partir da próxima semana iniciará uma série de reuniões com os dirigentes sindicais para tentar dirimir as dúvidas das categorias. Os sindicatos, porém, contrataram técnicos especializados em previdência que vão auxiliá-los quanto a proposta, que deve tramitar no Legislativo da Capital cearense nas próximas semanas.

Uma das críticas apontada pelos dirigentes do Sindifort diz respeito a pontos que rementem à legislação aprovada em nível federal em 2019, pois segundo eles há desvantagens para o funcionalismo público de Fortaleza. “O Sindifort vai apresentar um parecer, ponto a ponto, de um especialista técnico em previdência e suas reformas”, informou Ana Miranda, diretora do Sindifort.

A presidente do sindicato, Nascélia Silva, afirmou que o colegiado está se reunindo para fazer um estudo técnico do texto. O vice-presidente, Eriston Lima, destacou que a Frente Sindical em Fortaleza se reuniu nesta sexta-feira (05) para tratar do tema e que a diretoria do Sindifort ainda se posicionará sobre a minuta em estudo.

Enquanto isso, na Câmara Municipal avança o projeto de Emenda à Lei Orgânica que versa sobre alterações na legislação atual para acolhimento da Reforma Previdenciária. A matéria, após acordo entre vereadores e servidores, foi aprovada em primeiro turno, com emendas, e agora aguarda prazo regimental para segunda votação.

Veja AQUI a minuta do projeto de Lei Complementar da Reforma da Previdência de Fortaleza.

Deixe uma resposta