Em meio a discussão sobre Reforma da Previdência, Sindifort tem diretoria suspensa pela Justiça - Blog Edison Silva

Em meio a discussão sobre Reforma da Previdência, Sindifort tem diretoria suspensa pela Justiça

Integrantes da diretoria do Sindifort durante manifestação na Câmara de Fortaleza. Foto: Miguel Martins

O juiz  da 25ª Cara Cível, Maurício Fernandes Gomes, atendendo a ação impetrada por chapa derrotada nas eleições do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de FortalezaSindifort, decidiu anular todos os atos que deram vitória ao grupo que atualmente comanda a diretoria do colegiado. De acordo com a decisão, está suspensa a posse dos membros do grupo, que tem como presidente a sindicalista Antônia Nascelia Silva.

A decisão da Justiça vem no momento em que o Sindifort está na linha de frente na luta pela manutenção de direitos adquiridos pelos servidores públicos. Na manhã desta segunda-feira (22), inclusive, os membros eleitos pelo sindicato participam de mesa de negociações coma Prefeitura de Fortaleza para tratar da Reforma da Previdência do Município.

De acordo com o juiz Maurício Fernandes Gomes, uma série de irregularidades foram apontadas no processo de eleição da Chapa 1, encabeçada por Nascélia Silva e pela sua vice, Ana Miranda. Por conta disso, determinou-se que fica prorrogado os mandatos dos integrantes da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal do Sindifort eleitos para o quadriênio 2016-2020. Nesta composição, Nascélia segue como presidente e Eriston Ferreira, que impetrou a ação, retoma o cargo de vice-presidente.

Caso não atente para as medidas determinadas pela Justiça, o sindicato terá como pena multa diária de R$ 5 mil. Eriston Ferreira disse ao Blog do Edison Silva que diversos erros e inconsistências foram cometidos pela chapa vencedora do pleito interno, como a composição da Comissão Eleitoral, que teria sido indicada pela atual presidente. Segundo ele, Nascélio tinha todo o controle do processo eleitoral vigente.

O Blog do Edison Silva entrou em contato com Nascélia, mas a sindicalista estava em reunião com a Prefeitura de Fortaleza para tratar da Reforma da Previdência. 

2 comentários “Em meio a discussão sobre Reforma da Previdência, Sindifort tem diretoria suspensa pela Justiça

  1. Que absurdo, toda classe de servidor público municipal ser prejudicada num momento em que o prefeito quer tirar nossos direitos. Muita imprudência desse rapaz!

  2. Muitas irregularidades, secretários abertamente pedindo votos pra Chapa 1, apoio de políticos, propaganda para o SARTO no site do sindicato, promessas para os servidores no site, outdoors com promessas antes das eleições, retirada das urnas antes do horário onde a outra chapa tinha muitos votos, sem contar que na SR servidores eram levados pra votar na chapa 1, os fiscais da chapa 2 só faltaram apanhar por conta.

Deixe uma resposta