Deputados federais do CE divergem da decisão de manter colega preso. PTB punirá Pedro Bezerra - Blog Edison Silva

Deputados federais do CE divergem da decisão de manter colega preso. PTB punirá Pedro Bezerra

17 deputados cearenses votaram pela manutenção da prisão de Daniel Silveira. Cinco votaram contra. Foto: Divulgação.

A decisão da Câmara Federal de manter o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) preso, após este defender o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e criticar os ministros da Corte, ainda está repercutindo entre o meio político local.

A bancada federal cearense votou, em sua maioria, pela manutenção da decisão do ministro Alexandre de Moraes: 17 votos favoráveis à prisão e apenas cinco contrários.

Nas redes sociais, parlamentares ligados ao presidente Jair Bolsonaro têm publicado, desde a noite da sexta-feira (19), os nomes dos deputados federais que votaram a favor da manutenção da prisão de Daniel. Por outro lado, políticos de esquerda disponibilizam entre seus apoiadores os nomes dos cinco cearenses que votaram contra a decisão do STF.

Cada grupo, em sua “bolha” de redes sociais, acredita que apontar o nome de um adversário político votando favorável ou contrário à manutenção da prisão do deputado federal do Rio de Janeiro vai inflamar seus correligionários e seguidores. No entanto, cada parlamentar tem demonstrado satisfação no voto dado, seja pela manutenção da prisão ou pela soltura de Daniel Silveira.

Veja como votou cada deputado da bancada cearense:

Favorável à manutenção da prisão: AJ Albuquerque (PP), André Figueiredo (PDT), Aníbal Gomes (DEM), Célio Studart (PV), Denis Bezerra (PSB), Domingos Neto (PSD), Eduardo Bismarck (PDT), Genecias Noronha (SD), Gorete Pereira (PL), Idilvan Alencar (PDT), José Airton (PT), José Guimarães (PT), Júnior Mano (PL), Leônidas Cristino (PDT), Moses Rodrigues (MDB), Pedro Bezerra (PTB), Robério Monteiro (PDT).

Contrário à manutenção da prisão – Capitão Wagner (PROS), Danilo Forte (PSDB), Dr. Jaziel (PL), Heitor Freire (PSL), Vaidon Oliveira (PROS).

Punição no PTB

Foto: Reprodução/Twitter.

Logo após a decisão da Câmara, mantendo o deputado preso, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, publicou comentário em suas redes sociais dizendo que o partido vai punir os seus dois deputados federais petebistas que votaram a favor da prisão de Daniel Silveira, destituindo-os de cargos de direção na agremiação.

Um desses deputados é o cearense Pedro Bezerra, que comanda o PTB no Ceará, depois do afastamento do seu pai, José Arnon, ex-prefeito de Juazeiro do Norte, no curso da campanha municipal passada, por causa de coligação, em Fortaleza, com partidos adversários de Bolsonaro, como o PDT e outros.

A punição, segundo Roberto Jefferson, será conhecida nesta segunda-feira (22).

Deixe uma resposta