Mais um suplente assume vaga deixada por titular na Câmara Municipal de Fortaleza - Blog Edison Silva

Mais um suplente assume vaga deixada por titular na Câmara Municipal de Fortaleza

Pedro Matos assina livro de posse ao lado do presidente da Câmara, Antônio Henrique. Foto: CMFor.

Mais um suplente assumiu a vaga de vereador na Câmara Municipal de Fortaleza. O advogado Pedro Matos (PROS) tomou posse por 120 dias em ato na presidência da Casa, na manhã desta quarta-feira (13), em pleno recesso parlamentar, em razão da licença médica requerida por Sargento Reginauro (PROS), para tratamento de saúde.

Reginauro está se cuidando contra um linfoma desde meados do ano passado, quando descobriu a doença. O vereador, inclusive, não pôde participar da campanha eleitoral, sendo reeleito sem participação nas atividades de ruas.

Suplentes assumem vagas deixadas por vereadores que foram convocados para o Governo Sarto

Com o ingresso de Pedro Matos, sobe para quatro o número de suplentes que devem assumir já neste início de legislatura, nas vagas deixadas por parlamentares que estão licenciados. O primeiro a assumir foi Carlos Mesquita (PDT), primeiro suplente pedetista que se beneficiou com a ida de Elpídio Nogueira (PDT) para a equipe do Governo Municipal.

Outros que devem assumir vagas na Casa Legislativa são Pedro França (Cidadania), após ida de Michel Lins para a Secretaria Regional 3, e Didi Mangueira (PDT), que deve ser empossado na vaga deixada por Raimundo Filho (PDT), que foi convidado pelo prefeito Sarto para comandar a Secretaria Executiva Regional 11.

O próximo da fila de suplentes era Iraguassú Filho (PDT), mas este foi convidado pelo prefeito para comandar a Fundação da Criança e da Família Cidadã, a Funci. Com isso, Didi Mangueira foi beneficiado. Já havia uma sinalização, desde o resultado do primeiro turno da campanha, no ano passado, de reinserir Didi na Casa, isso devido seu desempenho em dialogar com todos os atores do Legislativo Municipal nos últimos oito anos.

Pedro Matos, que assumiu cargo nesta quarta-feira (13), tem como prioridade as pautas da educação e empreendedorismo. “A juventude se forma, mas não tem oportunidade de emprego. Nós vamos, então, levantar essa bandeira para criar novas oportunidades o quanto antes. O que vai ajudar nisso é o empreendedorismo nas escolas, casando os dois projetos”, disse.

O parlamentar afirmou que é preciso colocar educação financeira nas escolas, orientar mais cedo os jovens a terem seu próprio negócio “para não depender apenas do Enem e depois ficar rodando a cidade atrás de um emprego”. Matos é filho do ex-deputado Raimundo Gomes de Matos e essa é a segunda vez que assume o cargo de vereador como suplente.

Deixe uma resposta