Vereadores, lideranças partidárias e aliados estão apreensivos com o anúncio do novo secretariado de Sarto - Blog Edison Silva

Vereadores, lideranças partidárias e aliados estão apreensivos com o anúncio do novo secretariado de Sarto

Sarto recebeu diversos apoios partidários durante o primeiro e segundo turnos da campanha. Na foto com políticos do PCdoB/Divulgação.

O prefeito eleito de Fortaleza, Sarto (PDT), deve anunciar os nomes de seu secretariado nesta quarta-feira (30), conforme informações de sua assessoria. No entanto, durante todo o dia desta terça-feira (29), o futuro chefe do Executivo da Capital cearense realizou uma série de encontros visando concluir as indicações para o grupo de auxiliares que lhe ajudará durante sua gestão.

A demora para apresentação dos quadros deixou vereadores, lideranças partidárias e aliados apreensivos, visto que cada uma indicação se reflete em outras ações da política local, como a composição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. Como a coligação que apoiou Sarto no primeiro e segundo turnos da campanha foi recheada de agremiações, das mais variadas matizes ideológicas, fica difícil contemplar a todos com cargos na gestão.

Na manhã desta terça-feira (29), por exemplo, Sarto se reuniu com a vereadora Cláudia Gomes (DEM), na Assembleia Legislativa. O intuito do encontro seria destinar à parlamentar uma vaga no seu secretariado, tendo como objetivo final beneficiar Adams Gomes, primeiro suplente do DEM, e filho do deputado estadual Tin Gomes (PDT). No entanto, o encontro não saiu como o prefeito eleito queria.

Cláudia Gomes, que pretende se candidatar deputada estadual em 2022, tem interesse em algo que possa vir ao encontro de seu futuro político no Estado. Uma secretaria regional ou coordenadoria não é de seu agrado. Não houve definição favorável no caso da democrata.

Há uma certeza, entre os membros da Câmara Municipal, de que Elpídio Nogueira (PDT), irmão de Sarto, deva ser contemplado com a Secretaria de Turismo, aquela que ele almeja retornar. O vereador Renan Colares (PDT), por outro lado, chegou a demonstrar interesse na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, mas isso também não foi fechado.

Outro nome que chegou a ser sondado para ir para a gestão foi o do vereador Raimundo Filho (PDT). No entanto, até a tarde desta terça-feira, o pedetista disse que não recebeu qualquer comunicado sobre o fato. Nos grupos de vereadores nas redes sociais não se fala em outra coisa. Todos especulam sobre possíveis nomes, bem como compartilham informações sobre este ou aquele indicado.

Líder do Governo Roberto Cláudio na última Legislatura, Ésio Feitosa (PSB), por exemplo, tem sido falado como secretário especial de Articulação Política, função que até pouco tempo era do vereador eleito Lúcio Bruno (PDT). Fala-se ainda que Coronel Adriano seria o novo secretário de Segurança Pública da cidade, enquanto que Marcílio Linhares Távora seria o diretor geral da Guarda Municipal.

A Secretaria dos Esportes deve ficar sob os cuidados de indicado do PL, partido presidido por Acilon Gonçalves (prefeito do Eusébio) no Ceará. Outros nomes da atual gestão na Prefeitura de Fortaleza devem ser aproveitados, mas como Sarto tem um estilo mais comedido, pediu a todos sigilo até esta quarta-feira (30), quando deve anunciar o secretariado, através das redes sociais.

Enquanto isso, todos aqueles que fazem parte da política local seguem especulando e apreensivos quanto os que devem ser contemplados com uma vaga na futura gestão da cidade. Há ainda aqueles que reclamam que ainda não foram convidados para uma conversa sobre participação no Governo. “Nem sei se vamos ser contemplados”, confessou um dirigente partidário ao Blog.

Deixe uma resposta