Sarto promete construir Cucas e ampliar políticas para a juventude de Fortaleza - Blog Edison Silva

Sarto promete construir Cucas e ampliar políticas para a juventude de Fortaleza

O candidato no Cuca Jangurussu. Foto: Divulgação.

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, José Sarto, visitou, nesta quarta-feira (11), o Cuca Jangurussu, onde se comprometeu a ampliar políticas direcionadas à juventude. Ele enalteceu as atividades realizadas pelo equipamento, de incentivo ao lazer e ao esporte, e reforçou a proposta de inaugurar dois novos Cucas nos próximos quatro anos. 

“Os Cucas promovem cursos nas áreas de arte, comunicação, cultura, tecnologia, esportes e beneficiam milhares de jovens nas nossas periferias. São ações que contribuem com a inclusão social. Como prefeito, eu vou ampliar essa política e entregar dois novos Cucas para incentivar a nossa juventude, que foi tão afetada pela pandemia”, afirmou. 

Na ocasião, Sarto também reforçou que vai ofertar cursos e gerar oportunidades de emprego. “Vamos criar o programa Juventude Digital. Nós vamos capacitar essa juventude que gosta de inovação, formar programadores e designers e inserir no mercado de trabalho. Vamos beneficiar 50 mil jovens”, garantiu.

O candidato do PDT também concedeu entrevista a uma emissora de TV nesta quarta-feira (11) e enfatizou que fará programa de recuperação econômica, gerando emprego e renda para a população que mais precisa.

“Temos um programa fantástico chamado Nossas Guerreiras, que vai dar crédito de R$ 3 mil, com carência de seis meses, sem juros, para mulheres chefes de família e de baixa renda, com período de pagamento de 30 meses. A prestação ficará a R$ 100, para estimular a economia”, afirmou.

Sarto destacou também o programa Juventude Digital. “Onde vamos ao longo de quatro anos chamar toda essa galera jovem, para formar, capacitar designers e programadores, abrindo portas do mercado de trabalho, tanto na iniciativa privada quanto na área pública”, descreveu.

Outra iniciativa apresentada e dedicada à juventude é o Programa Bolsa Nota Dez. “O aluno da 8ª e 9ª série vai receber bolsa de R$ 200 – a projeção é de 2 mil bolsas -, para que seja tutor, monitor de língua portuguesa e matemática”, detalhou, acrescentando que, além do incentivo aos alunos, a ação elevará a qualidade do ensino, ampliará as matrículas. “Aumentando matrículas, a gente atrai mais recursos do Fundeb que vêm para o Município. Isso a gente chama de espiral positiva”, disse.

Pós-pandemia
Sarto afirmou ainda que o fortalezense está preocupado é com o desemprego, que bate à porta. Ele citou que, em dezembro, o auxílio emergencial vai acabar e, no próximo ano, a crise econômica tende a se agravar, pois ainda estaremos em pandemia. Por isso, ele destaca que o próximo gestor terá desafios enormes.

Diase que seu compromisso, além da recuperação econômica, será garantir a vacina a todos e o retorno seguro dos alunos à rede escolar, recompondo o calendário letivo. “Temos um projeto que é dar tablets e chips para a rede municipal. Tudo isso está pensado, orçado e programado para acontecer, se você, fortalezense, me der o privilégio de governar a Cidade”, enfatizou.

Desempenho nas pesquisas
Ao ser questionado sobre o desempenho nas pesquisas de intenção de voto, Sarto agradeceu aos fortalezenses pela confiança, por ser a candidatura que mais cresce. Segundo ele, entre outros fatores, os levantamentos expressam a boa aceitação dos fortalezenses às propostas apresentadas pela candidatura.

“Eu atribuo à gestão bem avaliada do prefeito Roberto Cláudio (PDT), à compreensão de Fortaleza de que o momento é de somar e à compreensão também de que há uma grande parceria com o governador Camilo Santana (PT), que se mostra positiva para a cidade de Fortaleza”, disse.

De acordo com o candidato, a parceria com o governador Camilo é programática. “Camilo Santana é o governador melhor avaliado do Brasil. Uma pessoa generosa, humilde, que dialoga. Essa parceria se estende na área política”, acrescentou.

Diante da reta final do primeiro turno, Sarto lamentou o vale tudo eleitoral que vem sendo feito pelos oponentes. Ele reforçou que, durante toda a campanha, vem realizando um debate propositivo, de ideias, expondo divergências e realizações da gestão atual e de gestões passadas.

O pedetista garantiu ainda que, em nenhum momento, baixará o nível de sua campanha. “Quem esperar que eu revide com grosserias e vá para esse vale-tudo vai ficar decepcionado. Porque eu vou continuar nessa linha propositiva, mostrando o que desejo fazer, como fazer, de onde tirar o dinheiro, o que realizar. Os desafios são enormes e Fortaleza precisa de alguém experiente, com capacidade de diálogo, com perfil de ouvir as pessoas”, defendeu. “Eu gostaria de deixar a marca da humanização, da tolerância, do equilíbrio, paralelo a isso a realização dessas obras”.

Agenda de campanha (quinta-feira – 12)

15h – Gravação para propaganda eleitoral.

Deixe uma resposta