Líder do Solidariedade na Câmara de Fortaleza acredita que Heitor possa surpreender nas urnas - Blog Edison Silva

Líder do Solidariedade na Câmara de Fortaleza acredita que Heitor possa surpreender nas urnas

Odécio Carneiro é o único representante do partido no Parlamento municipal. Foto: CMFor.

Ainda que o candidato a prefeito de Fortaleza, Heitor Férrer (SD), tenha demonstrado dificuldades em pontuar nas pesquisas eleitorais mostradas até aqui, o líder do Solidariedade na Câmara Municipal de Fortaleza, o vereador Odécio Carneiro, acredita que o postulante ainda possa surpreender. No entanto, a situação de Heitor é complicada, e ele deve repetir o desempenho de 2016.

De acordo com as amostragens apresentadas pelos institutos de pesquisa, Heitor aparece empatado com outros candidatos na quarta posição, bem atrás dos postulantes mais bem avaliados: Sarto (PDT), Capitão Wagner (PROS) e Luizianne Lins (PT).

Odécio afirmou que o grupo que apoia Férrer está trabalhando nas ruas, no corpo a corpo com a população, em busca de reverter, nas urnas, os números apresentados pelas pesquisas de intenção de voto.

“A medição do momento é muito delicada. A gente tem que esperar o resultado das eleições. O próprio Heitor já foi vítima dessas pesquisas eleitorais em outras eleições”, disse o vereador. De acordo com ele, ainda há uma indiferença da população em relação ao pleito deste ano. “Quando nos apresentamos para a população, muitas vezes ela se se surpreende.  As pessoas recebem com surpresa”.

“Nós acreditamos, ainda, que o deputado Heitor Férrer vá subir mais e que ele está em patamar melhor do que está sendo mostrado. Até porque a votação dele tem muito do voto de consciência, de pessoas que escolhem com muito cuidado em quem vai votar” – (Odécio Carneiro)

Sobre sua tentativa de reeleição, Carneiro afirmou ser muito mais difícil de se medir. No entanto, afirmou que tem expectativa positiva pelas projeções que alguns partidos têm feito. “O MDB faz isso. Temos algumas projeções que nos dão esperança de reeleição. O MDB também está se fortalecendo nesses últimos dias na captação de votos. Vamos intensificar mais nesses próximos dez dias”, disse.

O MDB foi o único partido que se coligou com o Solidariedade em apoio à candidatura de Heitor Férrer. No entanto, a sigla emedebista tem enfrentado problemas internos, inclusive, com a renúncia de registro de candidatura do único vereador da legenda, Casimiro Neto, que tentava reeleição. O parlamentar alegou que a legenda não deu a atenção adequada para os candidatos.

Deixe uma resposta