Com a votação proporcional, candidatos bem votados para vereador de Fortaleza perdem vaga para outros com votação bem menor; entenda - Blog Edison Silva

Com a votação proporcional, candidatos bem votados para vereador de Fortaleza perdem vaga para outros com votação bem menor; entenda

Juninho foi o vereador eleito com menos votos. Foto: TSE.

A eleição para vereadores acontece pelo sistema proporcional, em que as vagas são distribuídas de acordo com o total de votos que o partido obtém. Assim, nem sempre o candidato que recebe mais votos é necessariamente eleito.

Toda eleição, alguns candidatos com votação bem maior do que outros eleitos, acabam por ficar de fora. Em Fortaleza, a eleição do último domingo (15) não foi exceção, mesmo não tendo coligação partidária proporcional. Quando esta existia, também acontecia o fato de um candidato menos votado em uma coligação ser eleito e um outro, com mais votos, de outra coligação, não ser.

Dentre os 43 candidatos eleitos vereadores da Capital, o que obteve menor votação foi Juninho – Julio Aquino Jr (PSL), com 3.012 votos. Em compensação, houve candidatos com votação até 2,5 vezes maior do que ele, mas que acabaram ficando de fora.

É o caso do ex-vereador Carlos Mesquita (MDB), que obteve 8.438 votos, mas ficou na primeira suplência do PDT. O segundo suplente do PDT, que elegeu a maior bancada da Câmara Municipal, será o vereador Iraguassú Filho, que obteve 8.166 votos.

O terceiro mais votado dentre os que não conseguiram vagas diretas na Câmara foi o candidato Ailton Lopes (PSOL). Lopes fica na suplência do partido, que não tem nenhum vereador na atual legislatura, mas ocupará duas cadeiras a partir de 2021.

O caso de Ailton é ainda mais emblemático pois, na eleição de 2016, ele foi o 5º mais votado da Capital, mas acabou não se elegendo justamente pelo cálculo da proporcionalidade.

Dança das cadeiras

Não é incomum vermos candidatos saírem da suplência para assumir o cargo de vereador durante os 4 anos de mandato. Isso ocorre muitas vezes ou por acordo partidário, ou para ocuparem vagas deixadas por colegas do partido que tornam-se secretários municipais ou até estaduais.

Confira os 5 vereadores eleitos com menor votação em Fortaleza:

– Professor Enilson (Cidadania): 3.788 votos
– Danilo Lopes (Pode): 3.782 votos
– Kátia Rodrigues (Cidadania): 3.711 votos
– German Heman (PMB): 3.157 votos
– Juninho – Julio Aquino JR (PSL): 3.012 votos

Confira os 4 suplentes com maior votação em Fortaleza:

– Carlos Mesquita (MDB): 8.438 votos
– Iraguassú Filho (PDT): 8.1266 votos
– Ailton Lopes (PSOL): 7.705 votos
– Didi Mangueira (PDT): 7.627 votos

Deixe uma resposta