Candidaturas femininas indeferidas podem prejudicar PSDB em Fortaleza - Blog Edison Silva

Candidaturas femininas indeferidas podem prejudicar PSDB em Fortaleza

Presidente estadual do partido, Luiz Pontes, disse que está buscando solucionar o caso. Foto: Divulgação.

Pelo menos quatro candidatas do PSDB tiveram o pedido de registro de candidatura à Câmara Municipal de Fortaleza indeferido pela Justiça Eleitoral. A ação pode prejudicar o partido, que terá que se movimentar para manter a porcentagem mínima de 30% de postulação por gênero, exigida pela legislação.

O partido apresentou, ao todo, 38 postulantes solicitando registro de candidatura à Justiça Eleitoral em Fortaleza. Desses, ao menos 12 eram de mulheres. No entanto, de acordo com o portal Divulgacandcontas, cinco pretensos candidatos não apresentaram requisitos de registro para a disputa: o ex-vereador Joaquim Rocha e quatro mulheres.

Além de Joaquim Rocha, Geruza Ferreira de Lima, Lucimere Baracho, Manu e Silmara não apresentaram a documentação necessária, o que fez com que todos tivessem o registro indeferido. Em outras palavras, os candidatos que não apresentaram os requisitos necessários para registro, não demonstraram atenção e zelo em participar do pleito.

Assim como o PSDB, outros partidos também têm tido dificuldades, ao longo dos últimos anos, em convencer mulheres a participarem do pleito eleitoral. A partir de agora, o PSDB tem que se adequar à situação dos candidatos da sigla, que passaram a ser 33, sendo apenas oito mulheres.

Para cumprir as regras da legislação eleitoral, e não sofrer qualquer sanção, o PSDB pode reduzir o número de candidaturas masculinas ou buscar novos nomes femininos para a disputa. Com 33 candidatos, ao todo, a legenda teria que ter ao menos 10 candidaturas femininas na disputa.

O presidente municipal da sigla, Carlos Matos, não respondeu ao Blog do Edison Silva como iria atuar nesta questão. Já o presidente da executiva estadual, Luiz Pontes, disse apenas que o partido está trabalhando para solucionar este problema. Segundo ele, os candidatos não apresentaram determinados documentos, mas isso será solucionado.

Até o início da manhã desta quarta-feira (21), as solicitações estavam indeferidas no site do TSE. No entanto, no período da tarde, após atualização do portal Divulgacandcontas, todos os postulantes indeferidos teriam entrado com recurso à decisão judicial.

Deixe uma resposta