Candidato do PCdoB visita a Assembleia Legislativa e defende uso das redes sociais para superar o pouco tempo de TV - Blog Edison Silva

Candidato do PCdoB visita a Assembleia Legislativa e defende uso das redes sociais para superar o pouco tempo de TV

Anízio Melo entrega carta da Frente Norte e Nordeste pela Educação ao deputado petista Acrísio Sena. Foto: Blog do Edison Silva.

Candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PCdoB, Anízio Melo visitou a Assembleia Legislativa do Ceará na manhã desta quinta-feira (08), para pedir apoio dos deputados para fortalecer o que chamou de ‘Frente Norte e Nordeste pela Educação‘, que busca recursos para escolas do Ceará e de Fortaleza.

Ao lado do deputado Carlos Felipe (PCdoB), Anízio entregou uma carta assinada pela Frente. O ato foi bem recebido pelos poucos parlamentares que estava na Casa.

Segundo o candidato, que é professor e sindicalista, o novo Fundeb, apesar de ter sido aprovado em Brasília, até o momento não foi regulamentado.

“Ele pedirá recursos para o Ceará, para os municípios e Fortaleza. Por isso nós estamos lançando a carta da Frente Norte e Nordeste pela Educação e pedindo para os deputados apoiarem. Não adianta propor gestão se você não apontar a fonte de financiamento. Não adianta fazer propostas se você não conseguir vincular recursos federais importantes para a saúde e para a educação”, afirmou, defendendo uma articulação pela liberação dos recursos.

Tempo de TV

O candidato comentou ainda o pouco tempo de propaganda eleitoral que terá direito, a partir desta sexta-feira (09). “O nosso tempo é curto, a nossa luta é grande. Nossa história também. Por isso entendemos que incentivar a participação nas redes sociais, ampliando também, de forma segura, o contato direto com a comunidade, visitando casa a casa, mantendo os cuidados, mas dialogando com a Fortaleza a partir de cada comunidade e propagando isso através das redes sociais”, explicou.

Protocolos de saúde

O candidato garantiu estar seguindo rigidamente os protocolos de saúde durante a campanha e se solidarizou com o presidente da Casa, José Sarto (PDT), e com o governador Camilo Santana (PT) e esposa, que testaram positivo para a Covid-19.

O prefeiturável desejou rápida recuperação a todos e defendeu posição claramente contrária ao retorno presencial nas escolas. “Educação só rima com precaução. Entendemos que é necessário ampliar atividades remotas e adiar atividades presenciais”, afirmou.

Deixe uma resposta