Jair Bolsonaro acompanha cerimônia da Independência ao lado de Davi Alcolumbre e Hamilton Mourão - Blog Edison Silva

Jair Bolsonaro acompanha cerimônia da Independência ao lado de Davi Alcolumbre e Hamilton Mourão

O presidente acenou para apoiadores presentes no local. Foto: Agência Brasil.

Sem desfile militar por causa da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), o presidente Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira (07), cumprimentou populares numa cerimônia de cerca de meia hora no gramado do Palácio da Alvorada para celebrar o Dia da Independência.

Acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, do vice-presidente Hamilton Mourão, de ministros e do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o presidente assistiu ao hasteamento da bandeira e a manobras de sete aviões da Esquadrilha da Fumaça.

Pouco antes das 10h, Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada no carro presidencial acompanhado de um grupo de crianças. Depois de percorrer 400 metros até a Praça das Bandeiras, ele se dirigiu ao alambrado e cumprimentou apoiadores.

Há um mês, o Ministério da Defesa sugeriu o cancelamento do desfile para comemorar a Independência e desaconselhou Exército, Marinha e Aeronáutica a promoverem festividades que possam gerar aglomerações. O objetivo é evitar os riscos de aumento da disseminação do coronavírus. Mesmo assim, apoiadores do presidente compareceram ao evento. Segundo a Secretaria de Comunicação, 800 pessoas tiveram autorização para assistir à cerimônia.

Logo depois de o presidente se posicionar diante da bandeira, a Esquadrilha da Fumaça escreveu no céu a palavra “Brasil”, marcando o início da cerimônia de hasteamento, que ocorreu sob o som do Hino Nacional, executado pela Banda do Batalhão da Guarda Presidencial.

Em seguida, a banda tocou o Hino da Independência, para marcar a celebração do Sete de Setembro. Por volta das 10h15, a Esquadrilha da Fumaça voltou a executar uma série de acrobacias sobre o Palácio da Alvorada.

Por volta das 10h20, o presidente começou a caminhar de volta para o Alvorada, mas voltou ao alambrado, onde cumprimentou um jovem sentado numa cadeira de rodas e apertou novamente a mão de populares. Em seguida, Bolsonaro retornou ao Palácio, enquanto tirava fotos com convidados. O presidente não discursou nem falou com a imprensa.

Cerca de 20 minutos antes do início da cerimônia, às 9h40, a primeira-dama Michelle Bolsonaro também cumprimentou o público que estava no alambrado. Ela tirou selfies com apoiadores e permaneceu cerca de cinco minutos próxima às grades de proteção.

O dia do presidente começou às 7h50, com um café da manhã com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e com os chefes das Forças Armadas. Os convidados para a solenidade começaram a chegar ao Palácio da Alvorada às 9h15.

Logo após a celebração cívica/militar, autoridades se reuniram no Alvorada, onde o presidente da República ofereceu um coquetel.

Com informações da Agência Brasil e Agência Senado.

Deixe uma resposta